Cerca de 200 pessoas  se reuniram em frente a Justiça Federal de Uberlândia para realizar um manifesto em defesa ao ex-presidente Lula, que está sendo julgado nesta quarta-feira, 24, em Porto Alegre (RS).

A manifestação ocorreu nesta manhã, na Avenida Cesário Alvim, no Bairro Brasil. Movimentos sociais e simpatizantes ao ex-presidente se reuniram para apoiar Lula. “A classe acredita que ele não é culpado e que esse julgamento é um golpe para que Luiz não se candidate para presidente do Brasil”, afirma coordenador do movimento.

Continua após a publicidade

Manifestações semelhantes estão ocorrendo por todo o Brasil devido ao julgamento que está ocorrendo em Porto Alegre. O julgamento do recurso é em relação a pena de nove anos e meio que foi dada ao presidente por causa do Triplex no Guarujá em São Paulo.

Na tarde de hoje, o primeiro desembargador João Pedro Gebran Neto votou pela manutenção da condenação do petista e aumentou a pena para 12 anos e um mês de reclusão e 280 dias-multa. Para o desembargador, a pena de Lula deve ser cumprida em regime fechado.

O segundo desembargador Leandro Paulsen votou a favor da condenação. Em breve mais informações.


Comments are closed.