Um macaco foi encontrado nas proximidades de uma chácara em Patos de Minas com suspeita de febre amarela, na última terça-feira, 23. O animal já foi recolhido e exames estão em andamento.

O Corpo de Bombeiros da cidade foi acionado após moradores encontrarem um macaco bastante debilitado em uma chácara no Bairro Nossa Senhora de Fátima. O animal foi recolhido pelos militares e encaminhado para o Centro de Controle de Zoonoses de Patos de Minas, que já está conduzindo exames.

Por conta do estado em que o macaco foi encontrado, já foi levantada a suspeita de que ele poderia ser vítima da febre amarela.

Continua após a publicidade

Moradores da região também afirmam que encontraram outro macaco no mesmo local. O animal já estava morto e não foi localizado pelos bombeiros, pois a população já havia descartado o animal.

O Tenente Fernandes, do Corpo de Bombeiros de Patos de Minas, explica que os macacos não transmitem a doença e que são vítimas como nós, seres humanos. “Quem transmite a febre amarela é o mosquito. Em Patos de Minas, não há nenhum caso da doença em humanos”, disse.

Desde o final do mês de dezembro, 25 pessoas já morrem no estado em decorrência da febre amarela, de acordo com dados da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais.

Ainda de acordo com o órgão, 22 pessoas têm a doença e continuam internadas ou se recuperaram e receberam alta médica. Outro 87 casos suspeitos continuam em análise.

Informações: Patos Hoje


Comments are closed.