Oswaldo de Oliveira manterá o ‘rodízio’ entre jogadores titulares e reservas nesta quinta-feira Fonte: Bruno Cantini/Atlético

Está mantido o ‘rodízio’. Os jogadores considerados reservas serão os responsáveis por representar o Atlético na partida contra o Villa Nova, marcado para 18h30 (de Brasília) desta quinta-feira. O jogo, válido pela terceira rodada do Campeonato Mineiro, será realizado no Castor Cifuentes, estádio localizado em Nova Lima, Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A escalação do time reserva significa a manutenção da estratégia estabelecida pela comissão técnica alvinegra. A equipe que enfrentará o Villa Nova será a mesma que empatou diante do Boa Esporte, na estreia do Estadual. Os titulares voltam no domingo, contra o Patrocinense.

Continua após a publicidade

E caberá aos reservas cumprir o desafio de fazer com que o Atlético termine a rodada da liderança do Campeonato Mineiro. O time alvinegro encerrou o segundo jogo do torneio na ponta da tabela, com quatro pontos.

A busca pelo resultado, entretanto, não é o principal atrativo da partida desta quinta-feira. Além da chance de dar rodagem aos reservas e possibilitar mais tempo de recuperação aos titulares, a comissão técnica considera que jogos do Campeonato Mineiro são oportunidades ideais para, quem sabe, lançar jovens da base na equipe profissional.

César, Cícero e Nathan, que foram integrados ao elenco principal no início da pré-temporada, ficaram de fora da lista de relacionados. O meia-atacante Marco Túlio, por sua vez, volta ao banco de reservas. As grandes novidades, no entanto, são o meia-atacante Bruno, de 17 anos, e o centroavante Alerrando, 18.

“Para quem inicia o jogo não é teste. A gente conhece os jogadores, estamos preparando para o futuro. Pode ser teste para o Pablo, Marco Túlio, Bruno Roberto, Alerrandro, que são jogadores que estão buscando se firmar. Os outros vão buscar trazer a vitória para a gente”, analisou o técnico Oswaldo de Oliveira.

Outra presença notada na lista de relacionados é a de Carlos César. O lateral-direito volta a ser convocado para jogos depois de mais de oito meses. A última vez que o jogador atuou foi em 13 de maio de 2017, quando sofreu uma ruptura no ligamento do tornozelo esquerdo.

O meia-atacante Luan, por sua vez, segue fora de partidas oficiais. O jogador de 27 anos cumpre uma programação especial para se preparar melhor e suportar a carga excessiva de jogos na temporada.

Iago Maidana, Felipe Santana e o próprio Carlos César também passam por um período de treinamentos específicos. Os três foram relacionados e podem, de acordo com Oswaldo de Oliveira, atuar em bom nível por até 30 minutos.

Volta ao ‘Alçapão’

O Atlético volta a jogar no Estádio Municipal Castor Cifuentes após quase quatro anos. A última vez que o time alvinegro visitou o Villa Nova no ‘Alçapão do Bonfim’ foi em 1º de março de 2014. Na ocasião, a equipe da capital venceu por 4 a 1. Carlos, que estará em campo nesta quinta-feira, marcou um dos gols.

Os times não se enfrentavam no Castor Cifuentes por conta da estrutura do estádio. Em 2018, o Villa conseguiu a permissão da emissora que detém os direitos de transmissão do Campeonato Mineiro para jogar em casa

VILLA NOVA X ATLÉTICO

VILLA NOVA

Renan; Nequinha, Rafael Vítor, Otávio e Marcelo; Elias, Marzagão, Paulo Vítor e Núbio; Daniel Morais e Carrara.

Técnico: Ito Roque.

ATLÉTICO

Victor; Patric, Bremer, Matheus Mancini e Danilo; Yago e Gustavo Blanco; Hyuri, Valdívia e Erik; Carlos.

Técnico: Oswaldo de Oliveira

Motivo: terceira rodada do Campeonato Mineiro

Local: Estádio Municipal Castor Cifuentes, em Nova Lima

Data: quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Horário: 18h30 (de Brasília)

Árbitro: Jerferson Antônio da Costa

Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Pablo Almeida Costa

Superesportes


Comments are closed.