A febre amarela pode ter provocado mais duas mortes em Minas Gerais. Em Barbacena, Campo das Vernentes, dois pacientes, internados em diferentes hospitais, vieram a óbito nesta quinta-feira (25). A Fundação Ezequiel Dias (Funed), de BH, examinará as mostras colhidas pelos profissionais para indicar se o motivo das mortes foi, de fato, por febre amarela.

Uma das vítimas, de 42 anos, estava internada desde sábado (20) e na segunda-feira (22), precisou ser levada ao Centro de Terapia Intensiva (CTI), vindo a óbito na manhã desta quinta. O outro paciente, também com 42 anos, estava internado desde segunda (22). Ele faleceu às 21h dessa quinta-feira, por falência múltipla dos órgãos e febre hemorrágica, conforme comunicado da Prefeitura do município. No documento, a entidade lamenta o ocorrido e se solidariza com os familiares.

Dia de vacinação

Continua após a publicidade

Neste sábado (27), a Secretaria Municipal de Saúde e Programas Sociais (Sesaps) volta a realizar um dia especial de vacinação contra a febre amarela em todas as 23 Unidades Básicas de Saúde de Barbacena. As vacinas oferecidas são de dose única e valem por toda a vida.

Conforme as novas orientações do Ministério da Saúde, caso ainda não tenha recebido a dose, a vacina também é recomendada para crianças a partir dos nove meses, gestantes e pessoas com mais de 60 anos, considerando avaliação de contraindicações. Mulheres que estejam amamentando menores de seis meses devem ser vacinadas, mas precisam suspender o aleitamento por dez dias.

Emergência

Por conta da epidemia, já havia sido decretada situação de emergência nas regionais de saúde Belo Horizonte, Itabira e Ponte Nova. Ontem, entraram para a mesma lista as regionais de Juiz de Fora e Barbacena. Portanto, de 94 municípios em emergência, o número subiu para 162 nas últimas horas.


Comments are closed.