Um senhor de 67 anos foi preso suspeito de comercializar pistolas de calibre restrito para traficantes do Morro Alto, em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte. O idoso foi preso na madrugada desta segunda-feira (29) acompanhado de um homem de 26 anos, que teria apontado que o senhor revendia as armas para o filho dele. 

Conforme a Polícia Militar (PM), uma denúncia anônima informava que integrantes de uma gangue não identificada teriam encomendado várias armas de fogo, que seria vendidas por pessoas da capital mineira. A informação indicava ainda que o armamento teria sido trazido do Paraguai e apontou, inclusive, a placa e o modelo do carro que seria usado na venda, um Chevrolet Corsa. 

Diante da denúncia, os militares montaram uma operação e, por volta das 1h30, o carro foi avistado na avenida Existente, já no bairro Morro Alto. O veículo era conduzido pelo idoso e foi parado. A princípio, com os abordados nada foi encontrado, porém, atrás do banco do motorista estava uma mochila com as armas. 

Continua após a publicidade

Foram achadas quatro pistolas de calibre 9 mm, quatro carregadores com capacidade para 21 cartuchos e 23 munições intactas.

 

Suspeitos trocaram acusações

A princípio, os dois abordados pela PM negaram a posse do material ilícito, sendo que o senhor alegou que receberia R$ 200 para levar até o bairro as armas, que pertenceriam na verdade ao homem de 26 anos que estava com ele.

Em contrapartida, o outro suspeito alegou que pediu uma carona até o bairro e que as armas quem vendia era na verdade o filho do idoso. Diante dessa informação, o motorista foi indagado e disse que já teria visto seu filho manuseando armas e que não sabia se haviam mais armas em sua casa. 

Diante disso, os militares se deslocaram até a residência do idoso, no bairro Jardim Leblon, na região de Venda Nova, onde encontraram duas pistolas Glock escondidas debaixo do colchão do filho dele, que não foi encontrado no local. 

Os dois homens receberam voz de prisão em flagrante e foram encaminhados para a Delegacia de Plantão de Vespasiano. 


Comments are closed.