Além de causar alagamentos em diversos pontos de Belo Horizonte, o temporal no fim da tarde desta terça-feira (30) provocou a queda de árvores e de muros.

Segundo o Corpo de Bombeiros, pelo menos duas plantas caíram na cidade: uma no sentido centro da avenida dos Andradas, no bairro Esplanada, na região Leste; e outra na rua Grão Mogol, na esquina da avenida do Contorno, no bairro Sion, na região Centro Sul.

As quedas dessas árvores não deixaram feridos, nem causaram danos a veículos, conforme informou o 1º Batalhão dos Bombeiros, que realiza o corte dessas plantas na noite desta terça.

Continua após a publicidade

A avenida dos Andradas, no sentido centro, tem uma pista fechada pela árvore que caiu e a rua Grão Mogol está parcialmente fechada na esquina com a Contorno.

Já a Defesa Civil informou que uma casa na rua Flor de Romã, no bairro Jardim Alvorada, região Noroeste da capital, foi atingida por um muro de arrimo de aproximadamente 3,5 metros, construído na lateral do terreno.

De acordo com o órgão, uma árvore da espécie mangueira, de grande porte, também corre o risco de cair sobre a casa. Parte do muro de arrimo ainda segura a planta. Até o momento não há registro de feridos.

Na rua das Flores, no bairro Nova Suíça, na região Oeste, ocorreu a queda parcial de um muro de arrimo. Nesse caso, a Defesa Civil não informou se a estrutura atingiu alguma residência. Assim como na ocorrência do Jardim Alvorada, ninguém ficou ferido.

Volume de chuva

A região da Pampulha foi a que teve maior volume de chuva nesta terça, com 34,4 milímetros, seguida das regionais Venda Nova (31,8 mm), Nordeste (31 mm), Noroeste (30 mm), Oeste (29,4 mm), Leste (25,6 mm), Norte (23 mm), Centro-Sul (22,2 mm) e Barreiro (15,4 mm). 

Previsão do tempo

Até a próxima sexta-feira (2), Belo Horizonte deve ter pancadas de chuva durante a tarde, típicas do verão. A temperatura máxima nesta quarta-feira (31) deve ser de 25º C e a mínima de 18º C. As informações são do Instituto Tempo/Clima PUC Minas.


Comments are closed.