A noite de segunda-feira (29) e o início da madrugada desta terça-feira (30) foram violentos em Belo Horizonte e região metropolitana. Pelo menos quatro pessoas foram assassinadas em três ocorrências distintas. 

No bairro Aparecida, na região Noroeste da capital mineira, dois homens foram executados por volta das 19h0 no interior de um veículo Fiat Palio de cor cinza. O crime aconteceu na rua Letícia. As vítimas foram identificadas como Fábio César Gomes, de 36 anos, e Rangel Hilário Reis, de 38 anos.

O carro era dirigido por Rangel. Policiais militares do 34º Batalhão foram acionados e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou que ele o passageiro já estavam mortos.

Continua após a publicidade

Uma testemunha disse aos PMs que viu uma moto de cor escura, com um homem de bermuda e de capacete, perseguindo o carro. O piloto da moto estacionou ao lado do Palio, disparou vários tiros e fugiu em direção da avenida Américo Vespúcio.

Parentes das vítimas estiveram no local e disseram que as vítimas usavam drogas, mas não souberam informar se eles tinham algum desafeto ou se tinham dívidas com o tráfico. Os policiais tentaram encontrar câmeras de vigilância nas imediações, mas não encontraram.

Segundo os peritos, Rangel levou um tiro no pescoço, um na cabeça e outro no braço direito. O passageiro Fábio foi baleado no tórax e no braço esquerdo. A arma usada foi uma pistola calibre 380. O duplo homicídio foi registrado na Central de Flagrantes (Ceflan) II.

Ainda na capital, uma mulher foi executada a tiros na avenida Tereza Cristina, na Vila Calafate, na região Oeste. O crime foi por volta das 20h30. A vítima, Adinalva Rezende da Silva, de 50 anos, levou dois tiros no rosto.

O marido dela contou à PM que um homem louro, de olhos verdes e de cavanhaque chegou à sua casa chamando pela mulher. Ela atravessou a avenida para conversar com o desconhecido, debaixo de uma árvore, e o marido conta que escutou vários tiros. O marido disse ainda ter visto o homem fugindo a pé em direção da avenida Silva Lobo.

O marido disse não saber se a mulher tinha desafetos e que ela não guardava nada de ilícito em casa. No entanto, os PMs apuraram que a mulher estava envolvida com o tráfico de drogas na região. O caso foi registrado na 5ª Delegacia de Homicídios Sul e será apurado.

 

Grande BH

Já no início da madrugada de terça, desta vez em Contagem, um homem acabou assassinado na rua Sete, no bairro Sapucais. Ramon Araújo Sardinha, de 26 anos, foi morto por volta das 0h20. 

PMs do 18º Batalhão estavam a caminho de uma ocorrência de furto e foram acionados por populares a respeito do homicídio. Ramon levou doze tiros de pistola .40, segundo os peritos.

Doze estojos de munição e três capsulas deflagradas foram encontrados no local. A vítima estava com a carteira de identidade e R$ 5 no bolso. A 7ª Delegacia de Homicídios de Contagem vai apurar o crime.


Comments are closed.