Belo Horizonte se prepara para aderir à Faixa Azul Digital (FAD) neste ano. Aplicativos de celular em fase de elaboração e credenciamento vão substituir os talões e as folhas de papel, como já ocorre desde 2016 em São Paulo, e há dois meses em Contagem, na região metropolitana da capital mineira. A modernização não deve trazer aumento no preço, que é de R$ 4,40 por folha. A prefeitura espera reduzir fraudes e aumentar a utilização, o controle e a arrecadação.

A Empresa de Informática e Informação de Belo Horizonte (Prodabel) está desenvolvendo um dos aplicativos que devem operar o rotativo digital e lançou na terça-feira (30) edital de licitação para selecionar a empresa que fará a intermediação de pagamentos. Para ser contratado, é preciso oferecer formas de pagamento nas modalidades crédito e boleto.

A estimativa é que sejam efetuadas, em média, 50 mil transações por mês por meio do sistema criado pela Prodabel. Outros criadores de softwares de Faixa Azul Digital também podem se credenciar. Interessados têm até 2 de maio para se credenciar. Dessa forma, mais de um software poderá ser contratado pela prefeitura. “O usuário é quem vai escolher qual dos aplicativos com a marca da prefeitura ele quer usar”, explicou o presidente da Prodabel, Leandro Garcia. A BHTrans só vai se pronunciar sobre o FAD após o Carnaval.

Continua após a publicidade

Entenda

Edital. Para participar do pregão da Prodabel, interessados deverão se credenciar na Caixa Econômica Federal e obter senha de acesso. Saiba mais: www.licitacoes.caixa.gov.br.

Saiba mais

Substituição. No início da implantação, a Faixa Azul Digital deve operar em conjunto com o sistema atual de papel, até que todas as folhas de rotativo já vendidas sejam usadas.

Pontos fixos. Quem não tiver smartphone para baixar o aplicativo, poderá ativar o serviço em pontos fixos de venda do rotativo, como bancas e outros estabelecimentos que serão credenciados.

Multa. O não pagamento do rotativo implica infração grave de trânsito, gerando multa no valor de R$ 195,23 e registro de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).


Comments are closed.