Os times mineiros saíram de quadra vitoriosos na noite desta terça-feira, pelo returno da Superliga Feminina. O Praia Clube derrotou o Bauru em jogo difícil e decidido no tie-break, por 3 a 2, no Ginásio Panela de Pressão, no interior paulista. A equipe de Uberlândia manteve a liderança e invencibilidade. Já o Minas bateu o Sesi-SP por 3 sets a 1, na Arena JK, e ampliou a sequência positiva.

O Praia conquistou a 17ª vitória, em 17 partidas, somou dois pontos com o triunfo no tie-break e foi a 48 na classificação. O Bauru, com a derrota, ocupa posição intermediária, com 24 pontos. O Minas, por sua vez, manteve o terceiro lugar chegando a 40 pontos. Foi o sexto triunfo seguido das minas-tenistas. O Sesi-SP é o lanterna, com apenas um ponto – perdeu os 17 jogos.
No interior paulista, o jogo fez jus ao nome do ginásio de Bauru, o Panela de Pressão. E foi o que o Praia encontrou pela frente. Mesmo assim, as mineiras abriram 2 a 0, mas a equipe local reagiu e levou a decisão para o tie-break. Depois de mais drama, o time de Uberlândia conseguiu a vitória. As parciais foram de 20/25, 14/25, 25/17, 25/18 e 13/15. Ellen e Fernanda Garay, ambas visitantes, foram os destaques com 16 pontos cada. A central Walewska também teve boa presença, com 14 bolas positivas.
Minas mantém embalo
Na Arena JK, o Minas ainda perdeu um set, mas fez confirmou o franco favoritismo diante do lanterna Sesi-SP. As parciais foram de 25/22, 21/25, 25/21 e 25/18. A ponteira Pri Daroit foi eleita a melhor em quadra e levou o Troféu Viva Vôlei. Ela deixou a quadra com 22 pontos, mas a mais efetiva no ataque foi a oposta norte-americana Destinee Hooker, com 24.
Na sequência da Superliga, Praia e Minas disputarão o clássico para fechar a sétima rodada do returno. O duelo regional será neste sábado, às 15h, na Arena Praia, em Uberlândia.
Superesportes

Comments are closed.