A pouco mais de uma semana do Carnaval, 17 blocos de rua de Belo Horizonte correm o risco de não desfilar nas ruas da capital neste ano por não terem alvará do Corpo de Bombeiros. Dentre as agremiações com problemas estão o Juventude Bronzeada, a Corte Devassa, o Pisa na Fulô e o Volta, Belchior.

De acordo com o tenente da corporação Pedro Aihara, os deslocamentos dos cortejos foram interditados por possíveis ameaças à segurança dos foliões. “Muitas vezes são locais propensos a alagamentos, ruas e viadutos bastante estreitos. A intenção não é impedir nenhum desfile. Estamos em conversa constante com os blocos para que novos trajetos sejam feitos para que ninguém seja prejudicado”, destacou.

Ainda segundo Aihara, os blocos ainda podem apresentar uma nova proposta de deslocamento nos próximos dias para conseguir a autorização dos bombeiros.

Continua após a publicidade

Ao todo, 480 blocos irão desfilar em Belo Horizonte. A expectativa é que 3,6 milhões de pessoas curtam a folia em Belo Horizonte, um aumento de 20% em comparação com 2017.


Comments are closed.