Pela segunda vez, ex-jogador do Atlético é preso por dirigir embrigado

O ex-jogador do Atlético Renato Eduardo Oliveira Ribeiro, de 32 anos, foi preso – mais uma vez – por dirigir alcoolizado. Desta vez, na tarde deste sábado (3), o atleta foi abordado por agentes da Guarda Municipal de Belo Horizonte na avenida Amazonas, zona oeste da capital mineira, no sentido bairro, após andar em zigue-zague pelo local, que é movimentado.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Guarda Municipal, Renato não estava com CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e confessou que voltava de uma festa onde teria consumido bebida alcoólica.

A reportagem de O Tempo passou pelo local, por volta das 14h. O carro Ford Ka prata estava parado na avenida Amazonas, esquina com a rua Junquilhos. Dois agentes da Guarda Municipal aguardavam auxílio para apreensão do veículo. Próximo ao lado direito do carro havia uma garrafa de cerveja Long Neck quebrada. Os agentes precisaram fechar trecho da avenida.

O ex-jogador do Galo foi encaminhado para o Departamento de Trânsito da Polícia Civil para registro da ocorrência. O jogador estava acompanhado de outros dois homens e uma mulher. De acordo com a Guarda Municipal, os dois homens foram dispensados e a mulher decidiu acompanhar o jogador. 

Histórico
Renato foi preso pela primeira vez em 2014 pelo mesmo motivo: dirigir embriagado. À época, em abril de 2014, o jogador dirigia na contramão na região Centro-Sul da capital mineira e, na época, assumiu aos policiais militares que havia bebido antes de dirigir. 

Renato jogou no Galo entre os anos de 2003 e 2005. O último time que defendeu foi o Paulista de Jundiaí, do interior de São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Censo Agropecuário inicia último mês em campo

Jovem é baleado durante bloco de carnaval em Juiz de Fora