Padrasto é morto pelo enteado após briga por compra de celular roubado

Uma discussão por conta de um celular roubado levou um adolescente de 16 anos a assassinar o padrasto neste domingo (4) em Monte Carmelo, no Alto Paranaíba. A vítima teria comprado um aparelho e, no dia seguinte, o dono do celular apareceu na casa dele afirmando que o telefone havia sido roubado. O menor seria o suspeito do roubo

A Polícia Militar (PM) foi acionada na rua São João, no bairro Planalto, por volta das 19h30. Quando chegaram ao endereço, os militares encontraram Alexsandro Martins dos Anjos, de 34 anos, desacordado. Uma ambulância da prefeitura levou a vítima até o Pronto-Socorro, onde ele passou por reanimação, mas não resistiu e morreu. 

Testemunhas relataram aos policiais que há alguns dias o homem comprou um celular roubado de um indivíduos desconhecido. No dia seguinte à aquisição, após rastrear o telefone, o dono do aparelho apareceu na casa de Anjos, dizendo que queria ele de volta. A vítima devolveu o aparelho imediatamente. 

Entretanto, o enteado dele soube por outras pessoas que ele era tido como o autor do furto do celular, o que gerou uma discussão com o padrasto, ainda de acordo com a PM. Já no domingo, o enteado chegou em casa com dois amigos e, novamente, teria iniciado uma discussão com o homem, sendo que o adolescente fez ameaças de morte contra ele.

O menor saiu da residência com os amigos dizendo que pegaria a arma de um deles, de 17 anos. Anjos saiu de casa e retornou após cerca de uma hora, momento em que deparou com o enteado já armado de um revólver. 

Após uma nova discussão, os dois saíram para a rua, momento em que o adolescente apontou a arma para o padrasto e efetuou quatro tiros, que atingiram o tórax e abdômen da vítima. Ele fugiu em seguida pegando carona em uma bicicleta com um rapaz de 18 anos. 

A PM fez rastreamentos para tentar localizar o menor e os amigos que o ajudaram no crime, bem como apreender a arma usada no crime, porém, até esta segunda-feira (5) ninguém havia sido localizado. As buscas pelos suspeitos continuam. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Estelionatários ameaçam por telefone e idoso perde R$ 1,5 mil no golpe do falso sequestro

Deslizamento de terra deixa 12 desalojados de 5 casas em Ibirité