Santuário do Caraça passa a exigir cartão de vacina

Mais uma área verde de Minas Gerais, o Santuário do Caraça, passou a exigir o cartão de vacina para visitação. O espaço, que fica em Catas Altas, na região Central de Minas, tomou a medida para prevenir a contaminação por febre amarela. “Só pode ter acesso ao local quem tiver se imunizado há pelo menos dez dias. Até o momento, não há casos da doença registrados no Complexo e nem em Catas Altas, que é o único município da região sem registros da doença”, informou a prefeitura.

De acordo com um comunicado no site do Santuário do Caraça a medida foi adotada depois de uma recomendação da Secretaria Municipal de Saúde da cidade. Segundo o comunicado, informações sobre a vacinação contra a febre amarela estão sendo repassadas aos visitantes. Uma equipe do parque foi treinada e orientada pelos órgãos competentes para monitorar as trilhas e os primatas do Caraça.

O Santuário recebe turistas tanto do Brasil quanto de cerca de 50 países de todo mundo.

Equipes do Clube de Campo Beira Rio participarão de competição em Caldas Novas

Estelionatários ameaçam por telefone e idoso perde R$ 1,5 mil no golpe do falso sequestro