Moradores do Dom Almir reclamam da falta de médicos na UBSF do bairro

Fonte: Rafael Crosara/Reprodução TV Vitoriosa

Os moradores do Bairro Dom Almir reclamam do serviço prestado na Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) do local. Eles alegam que faltam médicos no posto e que é difícil conseguir atendimento.

Em entrevista para a equipe de reportagem da TV Vitoriosa, a confeiteira Monique Cabral disse que é comum os funcionários da UBSF ligarem com dias de antecedência e desmarcarem consultas previamente agendadas pela falta de médicos no local.

A cunhada de Monique, que está grávida de oito meses, foi atendida no local apenas uma única vez durante a gestação, pois a médica responsável sempre falta. Sua mãe, que tem problemas psiquiátricos, também não consegue atendimento por ter suas consultas desmarcadas.

Nota da Secretaria de Saúde

“A Secretaria Municipal de Saúde informa que a Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) do Dom Almir conta com duas profissionais médicas para prestar atendimento à comunidade. A partir do dia 14 de fevereiro, uma das médicas afastadas voltará às atividades. Até lá, para continuar a assistência à população, pacientes que precisam de consultas médicas estão sendo encaminhados para as Unidades de Atendimento Integrado (uais) dos bairros de Tibery e Morumbi. Independente disso, a UBSF do Dom Almir continua em funcionamento e a acolher todas as pessoas que buscam a unidade.”

Informações: Anderson Magrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Governo proíbe viagens a serviço com bilhetes de primeira classe e executiva

Jovem de 19 anos é preso com 900 pedras de crack, cocaína e dinheiro em Uberlândia