Atlético proíbe repórter de acessar a Cidade do Galo após discussão com Oswaldo

Alexandre Gallo, diretor de futebol do Atlético, anunciou a punição ao repórter da rádio Inconfidência Fonte: Alexandre Guzanshe/E.M/D.A.Press

Depois da discussão entre o treinador do Atlético, Oswaldo de Oliveira, e o repórter Léo Gomide, da rádio Inconfidência, em entrevista coletiva após o empate contra o xará acreano (1 a 1), nessa quarta-feira, pela Copa do Brasil, a diretoria do clube mineiro anunciou a proibição do jornalista de acessar a Cidade do Galo.

O posicionamento do clube foi transmitido pelo diretor de futebol, Alexandre Gallo, no desembarque da delegação alvinegra em Belo Horizonte, na manhã desta quinta-feira. Segundo o dirigente, a decisão foi tomada pelo presidente Sérgio Sette Câmara após a diretoria ouvir relato “de um repórter da Rádio Super”, que confirmou que Léo Gomide teria xingado o técnico Oswaldo de Oliveira. Gomide nega ter ofendido o treinador.

“São duas coisas distintas. Foi um jogo abaixo do que a gente esperava. E a outra situação foi o que aconteceu. Conversando bastante durante a noite toda, resolvemos com o nosso presidente, e vocês têm que entender também um pouco o nosso lado, o que aconteceu. O Oswaldo, um cara que está há 40 anos no futebol, não tem esse costume, nunca aconteceu uma situação dessa, de chegar a esse ponto com ninguém da imprensa, está pronto para responder tudo que perguntar, responder críticas, que são naturais. Agora houve uma reação de um fato importante. O repórter acabou, isso dito por um repórter amigo de vocês aqui de Belo Horizonte da Rádio Super, esse repórter (da Rádio Super) entendeu que o Oswaldo foi xingado, foi tratado de uma maneira desrespeitosa. E isso atinge diretamente ao Atlético, ele é o nosso representante, nosso comandante. Diante disso, nosso presidente em um primeiro momento decidiu que ele vai ficar fora da Cidade do Galo a partir de hoje até segunda ordem para que evite qualquer tipo de problema”, afirmou Alexandre Gallo.

A reportagem tentou ouvir mais uma vez o técnico Oswaldo de Oliveira na manhã desta quinta-feira. O treinador, contudo, não quis falar com a imprensa.

No fim desta manhã, Alexandre Gallo, em entrevista à TV Galo, reafirmou o que disse no desembarque no Aeroporto de Confins sobre a proibição da entrada de Léo Gomide no CT alvinegro, mas garantiu que a Rádio Inconfidência poderá cobrir a rotina do clube em Vespasiano normalmente.

Entenda o caso

O técnico Oswaldo de Oliveira se descontrolou durante entrevista coletiva após o empate do Atlético com o Atlético-AC, por 1 a 1, pela primeira fase da Copa do Brasil. O treinador discutiu com o repórter Léo Gomide, da Rádio Inconfidência, e chegou a partir para cima dele, sendo contido pelo diretor de comunicação do clube, Domênico Bhering.

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia Militar em Ituiutaba receberá novas viaturas nesta sexta (9)

Inflação oficial é a mais baixa para janeiro desde o início do Plano Real: 0,29%