Após polêmica, Bombeiros autorizam todos os desfiles de BH

O Corpo de Bombeiros anunciou nesta sexta-feira (9) que todos os blocos que estavam com autorização pendente para desfilar vão sair. “Após interlocução entre o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), Belotur e representantes dos blocos, o desfile de todos os blocos foi viabilizado para os dias de carnaval em Belo Horizonte”, informaram os bombeiros por nota.

Cerca de 100 blocos que pretendiam passar em viadutos e túneis ou tinham algum problema de trajeto ainda não tinham sido autorizados pelo Corpo de Bombeiros. Na lista, estavam o Juventude Bronzeada, com previsão de receber 75 mil pessoas, o Corte Devassa, com 15 mil, o Pisa na Fulô, com 12 mil, e o Volta Belchior e o Roda de Timbau, ambos com 10 mil. Todos eles se adequaram e vão desfilar. 

“Deve-se destacar que todos os envolvidos levaram em consideração as medidas de segurança para a preservação da integridade dos foliões”. 

Veja a nota do Corpo de Bombeiros na íntegra:


Após interlocução entre o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), Belotur e representantes dos blocos, o desfile de todos os blocos foi viabilizado para os dias de carnaval em Belo Horizonte.

A liberação ocorreu após atualização e reanálise dos projetos que ainda possuíam adequações a serem realizadas visando a segurança dos foliões.
Deve-se destacar que todos os envolvidos levaram em consideração as medidas de segurança para a preservação da integridade dos foliões.

O CBMMG já realiza a maior operação de Carnaval da história da Corporação. São mais de 4 mil militares que estão nas ruas para garantir a segurança dos foliões. Confira abaixo os principais pontos da atuação Bombeiro Militar.
Emprego de Bombeiro Militar em balneários;
• Pontos-base em rodovias;
• Análise de projetos de evento temporário e blocos de rua;
• Campanha publicitária de orientação aos foliões sobre segurança e dicas de prevenção;
• Pronto emprego dos 3 helicópteros.
• Ponto-base e estabelecimento de Posto Médico Avançado com parceria entre CBMMG e SAMU;
• Análise dos projetos de evento temporário e blocos de rua (511 blocos cadastrados);
• Todo o efetivo disponível do CBMMG está envolvido (direta/indiretamente) no Carnaval 2018;
• Toda a tropa discente está empregada no Carnaval 2018;
• Total de 58 municípios com lançamento de equipes de prevenção aquática

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Philippe Coutinho marca, Barcelona vence e está na final da Copa do Rei

Moro autoriza transferência de irmão de Dirceu para presídio em Curitiba