‘Bloco’ dos catadores também invade o Carnaval de BH


A limpeza das ruas de Belo Horizonte, que vê seu Carnaval crescer a cada ano, recebeu um importante reforço na edição de 2018. Em parceria entre Skol, prefeitura de BH, a Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (ANCAT) e a Asmare, 52 catadores trabalham em 10 blocos da capital.

Alguns deles são os principais da festa como Baianas Ozadas, Quando Come se Lambuza, U Bloco, Lindo Bloco do Amor, É o Amô, Baianeros, Trio Chacoalha, Xai-Xai Bartucada, BH Tá Redondo Tá Junto e o Bloco da Insanidade.

“Estamos felizes em conseguir realizar uma iniciativa inédita em BH, ainda mais quando falamos de Carnaval, evento que reúne uma grande quantidade de foliões”, explica o gerente de sustentabilidade da Ambev, Filipe Barolo.

Serão três pontos de coleta durante as rotas recolhendo resíduos recicláveis que serão encaminhados para a Asmare, quando passarão por tratamento. Os catadores recebem treinamento para garantir a segurança durante a operação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Saiba como agir em caso de perda ou roubo de documentos durante o Carnaval

Veja como ficará o trânsito para o Monobloco nesta terça