Atlético anuncia fim do veto a repórter na Cidade do Galo

Oswaldo de Oliveira partiu para cima de Léo Gomide, que negou ter ofendido ex-treinador atleticano Fonte: Reprodução

Na noite desta terça-feira, o Atlético anunciou a liberação do jornalista Léo Gomide para cobrir o clube normalmente na Cidade do Galo. A divulgação do fim do veto ao repórter da Rádio Inconfidência foi feita pelo diretor de comunicação do Galo, Domenico Bhering, com autorização do presidente Sérgio Sette Câmara.

“Conversei há pouco com o presidente. A entrada do repórter Léo Gomide na Cidade do Galo está liberada”, declarou Domenico, em postagem no Twitter.

Léo Gomide estava proibido de trabalhar nas dependências do Atlético devido à confusão com o técnico Oswaldo de Oliveira. O treinador, demitido pelo Galo na sexta-feira passada, se irritou com a pergunta do jornalista na entrevista coletiva depois do empate com o Atlético Acreano, pela Copa do Brasil, e iniciou o atrito.  Ao fim da resposta, Oswaldo alegou ter ouvido a palavra ‘caralho’ e partiu para cima de Gomide, sendo contido por Domenico Bhering.

Em entrevista coletiva depois do anúncio da demissão de Oswaldo, Sérgio Sette Câmara afirmou que Léo Gomide precisaria se retratar para que a proibição ao acesso dele ao clube fosse encerrada. No entanto, o jornalista, desde o dia da confusão, negou veementemente ter insultado o treinador.

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Passageira denuncia motorista de app que tentou cobrar viagem com sexo

‘A Freira’: Derivado de ‘Invocação do Mal’ tem data de estreia adiada; Saiba mais!