Foto de bode de charrete se ajoelhando para comer gera revolta em MG

Uma publicação no Facebook gerou comoção e revolta nas redes sociais nesta semana. Uma sequência de fotos mostra um bode se ajoelhando para comer grama em uma praça de São Lourenço, no Sul de Minas. Ele e outro animal são vistos puxando charretes, utilizadas em passeios na cidade. As informações são do site G1.

A postagem foi feita por uma turista mineira que mora em Rezende, no Rio de Janeiro. Indignada com a situação que presenciou, ela decidiu compartilhar as imagens nas redes sociais, e ganhou milhares de apoiadores em poucas horas. Até esta quinta-feira, eram mais de 17 mil compartilhamentos em seu perfil. Na mensagem, Fernanda cobra fiscalização e critica o garoto que cobrava pelo passeio, mas não fez nada.

Em resposta enviada ao G1, a prefeitura de São Lourenço informou que uma lei municipal regulamenta o serviço de charretes na cidade. Ela, que é de 2014 e sofreu modificações em 2017, determina o horário de trabalho e o cuidado com os animais, entre outros pontos. Sobre a falta de fiscalização, a prefeitura disse que ela é feita regularmente pela equipe de zoonoses do município.

Segundo o G1, no ano passado, os cavalos tiveram um chip implantado ao corpo para monitorar sua saúde. Em relação aos bodes, ainda não há previsão para a implementação do equipamento nos animais. A medida foi tomada após ser criado uma carteira de habilitação para quem trabalha com charretes, É proibido o charreteiro transitar sem a carteira.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Uberlândia registra cinco novos casos de macacos mortos desde a última semana

Com Carnaval em alta em BH, estradas registram queda de acidentes