Sozinho e durante o dia, homem rouba armas de agência bancária

A Polícia Federal em Uberaba, no Triângulo Mineiro, procura um homem que, sozinho, roubou uma agência da Caixa Econômica Federal em plena luz do dia e levou três revólveres calibre 38, que estavam em um cofre. O caso ocorre na manhã de quarta-feira (14). No mesmo dia, à noite, um caixa eletrônico da mesma agência foi alvo de pessoas ainda não identificadas, que atearam fogo no local. 

As armas, segundo a Polícia Federal, são usadas por vigilantes. Na troca de turno do trabalho, os funcionários da empresa deixam as armas guardadas na agência. 

O crime chama atenção porque o assaltante agiu por volta das 8h30. Ele abordou o vigilante e pediu para ser levado ao cofre. A intenção do indivíduo era levar dinheiro da agência. O vigilante disse não ter acesso ao cofre com dinheiro e, então, o assaltante exigiu que o funcionário da empresa de vigilância mostrasse o local em que as armas estavam guardadas. O vigilante foi agredido com uma coronhada, mas passa passa bem.

O chefe da delegacia da Polícia Federal na cidade do triângulo mineiro, Marcelo Xavier, já tem imagens do circuito de segurança da agência bancária. “São armas dos vigilantes [que foram levadas]. Não é incomum furto de arma de fogo, que acontece geralmente em residência. No mercado paralelo ela tem valor considerável e liquidez entre criminosos. É um item visado”, disse.

Ainda de acordo com o delegado da PF, é o terceiro caso de roubo de armas em agências bancárias nos últimos três anos na região. 

Fogo

A PF vai investigar também se há relação entre o assalto e o ato de vandalismo que ocorreu à noite. “Estamos tratando como dois casos distintos. O primeiro caso, pela manhã, que foi o roubo na agência. Outro fato, na parte da noite, que foi um incêndio em um dos caixas eletrônicos. Pode ter relação o incêndio com o roubo”, afirmou Xavier. 

A reportagem de O Tempo entrou em contato com a empresa “Esparta Segurança”. Funcionários disseram que os responsáveis pelo setor não se encontravam no local. Uma das sedes da empresa fica na região central de Belo Horizonte. Os funcionários disseram não ter contato da filial da empresa em Uberaba.

Em nota enviada ao O Tempo, a Caixa Econômica Federal não respondeu sobre os fatos ocorridos na quarta-feira. “[Informações] sobre eventos criminosos em suas unidades são repassadas exclusivamente às autoridades policiais, e ratifica que coopera integralmente com as investigações dos órgãos competentes”.

Serviço

A Caixa informou ainda que a agência Abadia está com serviço suspenso e que não há prazo de retorno. “Os clientes poderão dirigir-se uma das agências abaixo ou procurar uma das 21 Casas Lotéricas e dos  24 Correspondentes Caixa Aqui, disponíveis no município”, finalizou.

Agências indicadas pela Caixa: 
Agência Uberaba – avenida Leopoldino de Oliveira, 4230
Agência São Benedito – Praça Frei Eugênio, 12
Agência Avenida Guilherme Ferreira – avenida Guilherme Ferreira, 1.270
Agência Fidélis Reis – avenida Fidélis Reis, 305

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

‘Vingadores: Guerra Infinita’ ganhará novo vídeo amanhã; Confira prévia e fotos!

Em meio a cobranças e apresentação de reforço, Uberlândia se prepara para enfrentar o Boa Esporte