Garota de 16 anos baleada pelo irmão é enterrada em Divinópolis

A adolescente Vitória Castro, de 16 anos, baleada pelo irmão, de 19, dentro de casa em Divinópolis, na região Centro-Oeste do Estado, foi sepultada nesta sexta-feira (16). Ela chegou a ficar internada por quatro dias, mas não resistiu ao ferimento no rosto.

De acordo com o delegado Vivalde Levilesse, o caso ocorreu na casa da família na última segunda-feira. “Os pais não estavam no imóvel, e o jovem contou que manuseava a arma no quarto quando a irmã chegou, ele se assustou e houve um disparo acidental. Ele foi conduzido à delegacia e, a princípio, chegou a falar que a garota tinha sido vítima de um assalto, mas caiu em contradição e acabou confessando o disparo acidentalmente”, explicou o policial.

Vitória foi encaminhada a um hospital da cidade, mas teve a morte cerebral confirmada nessa quinta-feira (15). À Polícia Civil, o jovem disse que comprou o revólver calibre 32 há cerca de seis meses, por R$ 2.500, na mão de um amigo. Ele negou que tivesse algum desafeto.

“Os pais também se surpreenderam quando souberam que o filho guardava uma arma na residência. Ele não tinha antecedentes criminais e trabalhava em dois empregos”, contou o delegado.

O jovem foi autuado por homicídio e encaminhado ao presídio de Divinópolis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PMRv prende 148 pessoas por embriaguez ao volante durante o Carnaval

Jogadores do Atlético elogiam auxiliar Thiago Larghi, e Elias mostra confiança: ‘Quem sabe a gente não tenha um novo Carille?’