Mano Menezes confirma Mancuello em função mais ofensiva no meio-campo

Mano Menezes adiantou o argentino Mancuello e jogará com Henrique e Cabral como volantes Fonte: Divulgação/Cruzeiro

Depois de atuar como uma espécie de volante pelo lado esquerdo na partida contra o Democrata, na qual marcou seu primeiro gol pelo Cruzeiro e ajudou o time a ganhar por 2 a 0, Mancuello terá uma função diferente no duelo com o Villa Nova, às 16h30 deste sábado, no Mineirão, pela sétima rodada do Campeonato Mineiro. Do mesmo modo como mostrou no coletivo dessa quinta-feira, o técnico Mano Menezes escalou o argentino em posição mais adiantada no meio-campo. Só que o trabalho tático realizado na manhã desta sexta, na Toca da Raposa II, foi sem adversário.

Antes do treinamento, Mano explicou o critério para escalar Mancuello como volante ou meia. Diante do Democrata, o camisa 21 foi bem na distribuição de bola, porém deixou a desejar na marcação. Tanto que a Pantera teve espaço para conduzir a redonda pela parte central de campo e criou muitas chances por esse setor. Fábio fez cinco defesas difíceis ao longo dos 90 minutos, sendo três no primeiro tempo. Os momentos de tensão só foram aliviados a partir da entrada de Ariel Cabral, com qualidade superior para desarmar.

“Estamos vendo isso. Na primeira amostragem, (Mancuello) fez bem a função. Mas aconteceu uma coisa no jogo que não me agrada muito. O Fábio foi o melhor do jogo. Então essas coisas têm relação e eu tenho ver o quanto têm de relação. Foi em função das minhas escolhas, que serão analisadas para tomar as decisões mais à frente. Depende da forma que você vai jogar, contra quem vai jogar, se são jogos grandes, se são confrontos difíceis na casa do adversário por uma Copa Libertadores, enfim. Vamos avaliar tudo isso em relação à escalação do jogador (adiantado ou recuado)”, justificou o treinador.

Assim, o meio-campo celeste contará com Henrique e Ariel Cabral próximos aos zagueiros, enquanto Rafinha, Arrascaeta e Mancuello terão a função de municiar Fred no ataque. Na lateral esquerda, Egídio retorna no lugar de Marcelo Hermes. No lado direito, Edilson, que chegou a se queixar de incômodo muscular, também será titular. O setor defensivo é completado pelo goleiro Fábio e pelos zagueiros Manoel e Murilo.

Novamente à disposição da comissão técnica após trabalho de reforço muscular na perna esquerda, o meia Thiago Neves participou de atividade técnica com bola junto dos reservas, mas ainda não será utilizado na partida contra o Villa Nova. Mano Menezes explicou a situação do camisa 30.

“Nesse jogo não. Talvez no jogo diante do Boa, na outra semana (dia 24, às 16h30, no Mineirão). Aí estaremos antevéspera da estreia na Libertadores. O planejamento que fizemos é para ele voltar na próxima semana”.

Em compensação, o zagueiro Dedé foi confirmado entre os relacionados depois de quase nove meses em tratamento de edema ósseo no joelho esquerdo. “Vamos relacionar Dedé depois de bastante tempo. A gente fica contente. Tomamos muito cuidado para que a volta fosse sem contratempos. A recompensa está vindo para todos nós”, encerrou Mano.

Contra o Villa Nova, o Cruzeiro defenderá a liderança do Campeonato Mineiro. Em seis rodadas, o time celeste contabiliza 16 pontos, com sete de vantagem sobre seu adversário, que está em terceiro.

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

‘Santa Clarita Diet’: 2ª temporada ganha suas primeiras imagens

Homem que agrediu, estuprou e fez jovem refém por 4h é morto por PM