Secretário de segurança de Minas pede reunião com ministro da Justiça

O Secretário de Estado de Segurança Pública de Minas Gerais, Sérgio Barboza Menezes, solicitou nesta sexta-feira (16) uma reunião com o ministro da Justiça, Torquato Jardim, para tratar de medidas que evitem fugas de criminosos do Rio de Janeiro para Minas após o decreto de Michel Temer (PMDB) de intervenção federal – por meio das Forças Armadas – na segurança do Estado vizinho.

De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), os secretários de segurança dos estados de São Paulo e Espírito Santo também solicitaram participação nessa reunião. Segundo o portal “G1”, Torquato Jardim disse que o encontro acontecerá na próxima quinta-feira (22). A assessoria da Sesp, no entanto, não confirma a informação.

Com os criminosos do Rio acuados, logo se pensa no risco deles virem para Minas, Estado vizinho. Mas especialistas duvidam que essa fuga vá acontecer. Para eles, a intervenção não terá força para conter a criminalidade a longo prazo e o máximo que fará é fazer os bandidos se esconderem por um tempo. De qualquer modo, órgãos de segurança de Minas garantem ações para minimizar o risco.

A Polícia Rodoviária Federal informou que vai adequar o policiamento nas divisas e reforçar ações de inteligência. Já a Polícia Federal declarou que mantém monitoramento constante das situações de risco e que vai atuar prontamente em caso de evasão de criminosos de Estados vizinhos. O governo mineiro informou que “está atento e já em planejamento de ações para evitar qualquer resquício negativo da segurança no Rio”.

“Vai ter mais gente fardada na rua e uma melhora aparente na segurança nos primeiros meses, mas depois as coisas voltam ao que eram, porque não é possível manter o efetivo na rua o tempo todo”, afirmou o analista criminal Guaracy Mingardi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Treta! Responsável por vazamentos de spoilers de ‘RuPaul’s Drag Race’ é processado!

Assista ‘Lorne’, premiado curta com Guy Pearce em um mundo pós-apocalíptico