Mulher diz à PM que foi estuprada para marido não descobrir traição

Uma jovem de 20 anos foi conduzida à delegacia após mentir que havia sido abusada sexualmente em Santa Rita de Minas, na região do Rio Doce, nessa sexta-feira (16).

Aos militares, a mulher inventou que um homem armado invadiu a casa dela fazendo ameaças e, em seguida, cometeu o estupro. Policiais da cidade e de municípios vizinhos começaram rastreamento na tentativa de localizar o suposto criminoso.

No entanto, durante a ocorrência, alguns moradores da região disseram às equipes policiais que já tinham visto esse homem indo para o imóvel da dona de casa em datas anteriores, inclusive, dormindo no local.

Em nova conversa com os policias, a mulher confessou a mentira afirmando que inventou o abuso para que a traição não fosse descoberta pelo marido.

A mulher poderá responder por denunciação caluniosa, com pena de dois a oito anos de prisão, além de multa.

Fonte: O Tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Jovem é assassinado a tiros na região metropolitana de Belo Horizonte

Praia Clube vence Osasco e segue invicto na liderança da Superliga Feminina de Vôlei