Casal é encontrado morto no lendário Hotel Financial em Belo Horizonte

Casal é encontrado morto no lendário Hotel Financial

Funcionários do tradicional Hotel Financial, localizado na avenida Afonso Pena, centro de Belo Horizonte, encontraram na noite de sábado (17) os corpos de Rildo Nicolau Neri, 28, e Franciele Maria da Silva, 21, no chão do quarto número 1, no 18º andar do edifício. O casal deu entrada no Hotel Financial há dois dias.

No sábado pela manhã, o homem ligou para a recepção do estabelecimento e pediu para fechar a conta da hospedagem. Como não apareceram durante todo o dia e não atendiam aos contatos, por volta das 22 horas, um funcionário resolveu abrir o quatro e encontrou os corpos.A Polícia Militar e o Samu foram chamados.

Policiais que estiveram no local contam que um revólver Taurus calibre 32 foi encontrado próximo ao rosto de Rildo Neri, sendo que quatro balas foram disparadas. Outros dois projéteis foram encontrados no bolso dele. Neri possuía ferimentos no maxilar e Franciele foi atingida nas costas. A suspeita é o crime seja homicídio seguido de suicídio.

Funcionários e hóspedes disseram que não ouviram barulhos ou discussões do quarto do casal. Segundo a polícia, o documento encontrado consta que Rildo Neri é natural da cidade de Abre Campo, na Zona da Mata mineira. A polícia não sabe se o casal morava em Belo Horizonte, mas na bagagem do casal foi encontrada uma anotação da rua Dom Bosco, mas sem nenhuma numeração. O caso foi encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia Civil (Ceflan 2).

O Hotel Financial era de propriedade do lendário personagem mineiro Antônio Luciano Pereira Filho e é considerado um dos imóveis mais emblemáticos da cidade. Reflexo da modernização da capital, o imóvel recebia comerciantes, empresários e as amantes do antigo dono. Antônio Luciano é, inclusive, personagem de Hilda Furacão, romance do escritor Roberto Drummond.

Fonte: O Tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Edifício Acaiaca pode se tornar nova atração turística da capital

Garoto de 16 anos é detido após cortar cabeça de cachorro em Uberlândia