Com intervenção do Exército no Rio, PM reforça fiscalização na divisa

A Polícia Militar de Minas reforçou, desde o último sábado (17), o policiamento e o monitoramento na divisa com o Rio de Janeiro para impedir a migração de criminosos cariocas para o Estado, após a intervenção das Forças Armadas no Estado vizinho.

O anúncio foi feito pelo comandante Geral da PM de Minas, coronel Helbert Figueiró, em uma reunião de rotina com os comandantes operacionais das 19 regionais da corporação no estado, ocorrida nesta segunda-feira (19).

“É importante frisar que a PM está com muita atenção, com um olhar cuidadoso, sobretudo na região da divisa com o Rio de Janeiro. Mas é importante frisar que já tivemos outras ocasiões da presença de tropas do exército no Rio e que não surtiram nenhum reflexo em Minas. Já desenvolvemos estratégias de reforço e monitoramento das divisas. Vamos agora analisar eventuais reflexos, que até agora não foram percebidos”, explicou o comandante. 

O encontro começou às 8h na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, e irá até as 18h. Segundo o coronel, a questão do Rio de Janeiro será discutida na parte da tarde. Na terça-feira (20), a intervenção das Forças Armadas volta a ser debatida pelos coronéis e o alto comando da PM mineira.

O reforço da polícia na divisa com o Rio de Janeiro é em caráter preventivo,  ainda de acordo com Figueiró. As tropas dos comandos regionais estão adotando as medidas de reforço e monitoramento. Se for necessário,  tropas especializadas serão deslocadas da capital para aquela região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Jovens são presos com maconha e dinheiro trocado na BR-497

ProUni: selecionados em primeira chamada têm até dia 23 para comprovar dados