Ouro Branco decreta situação de emergência por febre amarela

A Prefeitura de Ouro Branco, na região Central do Estado, decretou situação de emergência nesta quinta-feira (22) por causa do surto de febre amarela na cidade.Desde o início do ano, o município já registrou três mortes causadas pela doença.

De acordo com a prefeitura, diversas ações para bloquear o vírus a estão sendo intensificadas na cidade. Segunda a pasta, a medida foi tomada pela administração municipal para ampliar as equipes que estão trabalhando na vacinação da população. De segunda a sábado, até 12 de março, das 9h às 21h,14 equipes formadas por agentes de saúde estão batendo de casa em casa em busca de moradores que ainda não foram imunizadas. A administração municipal alerta para que as famílias separem os cartões de vacinações e fiquem atentos para não perder a visita dos técnicos. 

Boletim. Subiu para 86 o número de mortes causadas pela febre amarela em Minas Gerais. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Saúde, que divulgou boletim epidemiológico nesta terça-feira (20). Até o momento, foram confirmados 222 casos da doença em Minas e 505 estão sob investigação.
 
De acordo com o boletim divulgado pela pasta, 89,6% dos pacientes que tiveram a doença em Minas são homens. A média de idade é de 48 anos. O último caso confirmado teve início dos sintomas no dia 9 de junho de 2017.
 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Usuários relatam problemas para realização de exames em Ituiutaba e prefeitura divulga esclarecimento

Acidente mata um na BR-040 em Congonhas