Usuários relatam problemas para realização de exames em Ituiutaba e prefeitura divulga esclarecimento

Nos últimos dias várias postagens foram feitas em grupos da redes sociais, onde internautas denunciaram um impasse com relação a Saúde de Ituiutaba, que supostamente teria suspendido a realização de exames, por ordem do Poder Executivo, fato que causou grande apreensão à população que depende do serviço público.

Diante do caso, a Prefeitura de Ituiutaba divulgou um vídeo buscando esclarecer a situação da realização dos exames.

Confira o texto divulgado na íntegra.

“Em função dos comentários veiculados nas redes sociais sobre a interrupção das consultas e dos exames feitos pela rede pública, a Prefeitura de Ituiutaba esclarece que a responsabilidade destes procedimentos é do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Triângulo Mineiro.

Somente um exame não está à disposição dos usuários, em função das realização de licitação para aquisição deste serviço, que ainda não foi concluída, o que pode ocorrer nos próximos dias.

A licitação é exigência legal e tem prazos a ser cumpridos.

Portanto, não se trata de descaso com saúde ou falha administrativa ou tampouco desrespeito com a população.

A Prefeitura de Ituiutaba lamenta os comentários irresponsáveis, motivados por interesses pessoais, que somente causam preocupação aos usuários da rede pública de saúde.”

Em contato via telefone com o secretário de Saúde de Ituiutaba, o mesmo afirmou que o atendimento à população ocorre dentro da normalidade, sendo que o único exame não possível de se realizar por conta da necessidade de licitação é o Scan Arterial (ultrassonografia), que depende do procedimento de responsabilidade do CISTM, consórcio ligado a Associação dos Municípios das Microrregião do Vale do ParanaíbaAMVAP, para ser normalizado. “Nossa responsabilidade é manter em dia o pagamento ao consórcio e assim está sendo feito. Os procedimentos tem suas competências e precisamos respeitar o que é exigido por lei para o funcionamento da coisa pública”, explicou.

O secretário afirmou ainda que grande parte das postagens sobre o assunto dos exames tem conotação política em decorrência da aproximação da corrida eleitoral de 2018.

Veja abaixo o vídeo divulgado pela Prefeitura de Ituiutaba.

Veja o cronograma do mutirão de confissões em 2018 nas paróquias de Ituiutaba

Ouro Branco decreta situação de emergência por febre amarela