Otero ressalta cuidado contra o Tupi para ficar à disposição em clássico diante do Cruzeiro: ‘Vou devagar’

América não conseguiu desenvolver seu jogo e o Tombense foi quem teve as melhores teve chances Fonte: Daniel Hott/América

O América segue sua sina em duelos disputados em Tombos. Mais uma vez, o Coelho não conseguiu bater o Tombense jogando no Almeidão, na Zona da Mata. Com o empate por 0 a 0 desta sexta-feira, pela oitava rodada do Campeonato Mineiro, a equipe de Belo Horizonte tem três igualdades e uma derrota em quatro compromissos disputados contra o Gavião-carcará.

O empate mantém o América na vice-liderança até o complemento da rodada. O Coelho pode perder a segunda colocação em caso de vitórias de Atlético (perdeu a 3ª posição para o Tombense e está em 4º) e Boa Esporte (5º). O Galo visita o Tupi, às 17h de domingo, no Municipal de Juiz de Fora. A equipe de Varginha pega o líder Cruzeiro, às 16h30 deste sábado, no Mineirão.

Na próxima rodada, o América recebe o Democrata-GV, às 17h de domingo, no Independência. No mesmo dia, às 16h, o Tombense visita a URT, no Zama Maciel, em Patos de Minas.

O jogo – A chuva pode ter atrapalhado um pouco o rendimento das equipes, mas América e Tombense não fizeram jus às respectivas posições (2º e 4º) na tabela de classificação do Campeonato Mineiro.

Fora de casa, o Coelho foi pressionado e errou em demasia os passes na saída de bola, além de não encontrar criação quando avançava em campo e, consequentemente, ver sua linha de frente ineficaz. A única boa chance alviverde veio em cruzamento de Marquinhos, aos 10 minutos, que Rafael Moura cabeceou nas mãos do goleiro Darley.

O Gavião-carcará, por sua vez, teve o domínio das ações da partida. No entanto, a equipe bem treinada pela ex-meia Ramon Menezes pecou nos últimos passes e só levou perigo em chutes de longa distância. Cássio Ortega e Everton tentaram as finalizações da intermediária, mas, sem pontaria, erraram por muito o alvo.

Na volta para o segundo tempo, Enderson Moreira tentou corrigir os problemas na saída de bola e criação do time. O treinador tirou Serginho, apagado na primeira etapa, e colocou Juninho. Gérson Magrão passou a atuar mais adiantado. Depois, optou pela entrada de Capixaba na vaga de Aylon.

Mesmo com as mudanças, o América seguiu com dificuldades para desenvolver seu jogo habitual. Quem levava mais perigo eram os mandantes. Aos 22min, Cássio Ortega avançou pela ponta direita e cruzou forte e rasteiro. Zé Ricardo tentou afastar e a bola foi em direção ao gol. Glauco fez ótima intervenção e espalmou para o lado.

O Tombense só não abriu o placar por causa de Glauco. Desta vez, o goleiro americano fez ótima defesa em cabeçada de Daniel Amorim, após cruzamento de Flávio. Por fim, o empate ficou barato para o América, mas não é bom para nenhuma das duas equipes que podem perder posições na tabela.

TOMBENSE 0 x 0 AMÉRICA

TOMBENSE

Darley; David, Anderson, Wellington Carvalho e Bruninho; PH, Felipe Baiano e Caio César (Natan); Cássio Ortega, Everton (Flávio) e Daniel Amorim

Técnico: Ramon Menezes

AMÉRICA

Glauco; Norberto, Messias, Rafael Lima e Giovanni; Zé Ricardo, Gérson Magrão e Serginho (Juninho); Marquinhos, Aylon (Capixaba) e Rafael Moura (Luan)

Técnico: Enderson Moreira

Cartões amarelos: David (Tombense); Luan (América)

Motivo: 8ª rodada do Campeonato Mineiro

Estádio: Antônio Guimarães de Almeida (Almeidão), em Tombos

Data e horário: sexta-feira, 23 de fevereiro, às 20h30

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro

Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago e Marcus Vinícius Gomes

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Aneel mantém bandeira tarifária verde para as contas de luz em março

Contadores têm orientação sobre emissão de notas fiscais de serviço em Capinópolis