Defesa Civil alerta para possibilidade de chuva de granizo em BH

Após a forte chuva que atingiu Belo Horizonte e região metropolitana no último fim de semana, a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil emitiu, na tarde desta segunda-feira (26), um alerta para mais chuvas na capital. Segundo o órgão,  as chances de pancadas fortes de chuva são maiores nas regionais Pampulha, Venda Nova, Norte e Nordeste.

Há possibilidades de pancadas de chuva com volume de 20 a 40 mm, além de raios e rajadas de vento em torno 50 km/h. O alerta preventivo é válido até 8h de terça-feira (27). Na regional do Barreiro, a Defesa Civil alerta Risco alto de granizo.

Balanço. Até a manhã desta segunda-feira (26), a Defesa Civil de Belo Horizonte atendeu 143 ocorrências, a maioria por enchentes e inundações (com 65 casos) e alagamento (com 38 pontos), relacionadas ao temporal que caiu em Belo Horizonte no último fim de semana. 

Na semana passada, a chuva em belo Horizonte já havia ultrapassado a média histórica para o mês de fevereiro, de 188,4 milímetros.  
 
O único incidente com morte durante o temporal da tarde de sábado (24) ocorreu no Bairro Coqueiros, na região noroeste de Belo Horizonte. Hélio Oliveira Lopes, 73 anos, morreu e duas pessoas ficaram feridas ao serem atingidas pelo desabamento de um muro. 
 
Previsão. A semana será de céu nublado com possibilidade de pancadas de chuva em Belo Horizonte e na região metropolitana da capital. Nesta segunda-feira (26), segundo o TempoClima Puc Minas, as temperaturas devem variar entre 18ºC e 29ºC e a umidade relativa do ar deve ficar em torno de 55%.
 
A possibilidade de pancadas de chuva continua durante toda a semana, principalmente na parte da tarde. No entanto, não há previsão de chuva intensa como a que caiu nos últimos dias e causou danos e morte na cidade. 
 
No interior de Minas também há previsão de chuva para todas as regiões de Minas. Nesta segunda (26) as chuvas devem ser mais fortes no Nordeste, Triângulo Mineiro e Norte de Minas.Ao longo da semana, os temporais devem se intensificar nas regiões Sul, Zona da Mata e Triângulo Mineiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Recém-nascido é abandonado e fica gravemente ferido na Zona da Mata

Secretaria de Saúde reforça importância da vacinação para prevenir o sarampo