Empresário é executado com tiros de fuzil no Santa Cruz em BH

Um empresário de 37 anos foi morto a tiros dentro de um carro na rua São Leopoldo, no bairro Santa Cruz, região Nordeste de Belo Horizonte,  na manhã desta segunda-feira (26). De acordo com a Polícia Militar, a vítima estava em um Captiva blindado, mas isso não foi suficiente para evitar a morte já que os criminosos atiraram com fuzil de calibres 762 e 380, armas consideradas de alta capacidade. Foram cerca de 50 tiros. 

Ainda segundo a polícia, Adriano Costa Vale já estava ameaçado de morte. Ele estava saindo de casa, por volta de 9h da manhã, quando foi fechado por um EocSport. Um homem desceu do carro e atirou, enquanto outro suspeito continuou no veículo. Não houve anúncio de assalto e apenas a execução.

Vídeo mostra momento da execução e fuga de bandidos

O homem é um empresário do ramo de gráficas e estava jurado de morte. Informações dos suspeitos do crime já estão sendo levantadas pela polícia. Além de Vale, a avó dele também estava no carro e acabou sendo atingida por estilhaços. Ela foi socorrida para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. 

Pai da vítima também foi assassinado 

Em 2007 o pai da vítima foi assassinado na porta de casa. A suspeita é que os mesmos assassinos do pai possam ter executado Vale nesta segunda. 

Atualizada 10h56

Homem esfaqueia vizinho em Capinópolis após ser acusado de furto

Professor da UFMG com febre amarela faz transplante de fígado