Morre terceira pessoa da mesma família atropelada próximo à Coalbra

Morreu na tarde deste domingo, 25, no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), mais uma vítima do atropelamento de cinco pessoas da mesma família, registrado no último dia 19, na Estrada Estadual AMG-1110, próximo à Coalbra.

Luís da Silva, de 39 anos, estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado gravíssimo e não resistiu aos ferimentos. No dia do acidente duas pessoas morreram. A esposa de Luiz da Silva, Jéssica de Fátima da Silva, de 25 anos, e o irmão dela, Luiz Anselmo Fernandes da Silva, de 7 anos.

A mãe de Jéssica, Abadia de Fátima, de 46 anos, segue internada em estado estável, segundo informou a assessoria de comunicação do hospital.

Cinco da mesma família foram atropelados

Ao todo foram cinco pessoas atropeladas. As vítimas são Abadia, os três filhos, Jéssica, Luiz e Daniel dos Santos Silva, de 3 anos, além do genro, Luís da Silva. Eles haviam acabado de descer de um ônibus e seguiam a pé à margem da rodovia quando foram atropelados por um veículo conduzido por uma idosa.

Outra criança, de 2 anos, recebeu alta no fim da manhã da última terça-feira (20). De acordo com as informações do Corpo de Bombeiros, a família havia acabado de descer de um ônibus e estava transitando às margens da rodovia, que dá acesso à Capela da Saudade, quando foi atingida por um carro.

A via ficou fechada por aproximadamente duas horas. A idosa não se feriu gravemente. Ela disse ter tentado desviar de um carro que vinha no sentido contrário e teria invadido a contramão de direção, sendo obrigada a fazer uma rápida manobra, provocando a tragédia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Equipes de futsal infantil do Beira Rio fazem amistosos preparatórios em Ituiutaba

Este vídeo foi realmente feito em observatório de BH durante a chuva?