Com ajuda de documento, escolas dos Bairros Pequis e Monte Hebron iniciam suas atividades

Fonte: Fellipe Duarte/Reprodução TV Vitoriosa

Com a ajuda de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado após uma reunião na última segunda-feira, 26, as escolas municipais dos Bairros Pequis e Monte Hebron puderam iniciar suas atividades nesta terça-feira, 27.

O TAC foi assinado entre a Fundação Filadélfia, que administrará as duas escolas, mais a Promotoria da Infância e da Juventude, do Ministério Público Estadual. O documento permitiu o início das atividades nas duas escolas, mesmo após a entidade não ter solicitado, em tempo hábil, a autorização de funcionamento junto à Secretaria de Estado de Educação (SEE).

“Com esse TAC, há uma autorização, enquanto todo processo burocrático corre dentro da superintendência, para que haja o funcionamento normal das escolas, sem prejuízo pedagógico para as crianças, e com isso, o processo poder correr normal até a autorização da superintendência acontecer”, explicou Neemias Soares, presidente da Fundação Filadélfia.

Na manhã desta terça-feira, muitos pais foram até as duas escolas para realizar a matrícula dos filhos. Os alunos do 1º ano do ensino fundamental já iniciaram as aulas no período da tarde. Já os demais anos devem começar as atividades pelos próximos dias, o que segundo Neemias, irá depender do processo de matrícula, que deve se estender até quarta-feira.

“Acreditamos que até o dia 1º (de março), todos os alunos já estejam (sic) matriculados e que poderão freqüentar as aulas normalmente”, disse.

No total, as escolas dos dois bairros irão atender, aproximadamente, 1,5 mil alunos. A Fundação Filadélfia contratou cerca de 100 profissionais, entre professores e funcionários, para trabalhar nos locais, em regime de CLT.

A Fundação Filadélfia foi contratada pela Prefeitura de Uberlândia para gerir as escolas dos dois bairros, após alegar problemas com a folha de pagamento de servidores. A entidade receberá um total de 3,6 milhões de reais para poder assumir as atividades das duas instituições de ensino.

Informações: Vinícius Lemos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

“Investigações estão avançadas”, diz delegado sobre caso de empresário

Trabalhadores devem atualizar dados para receber da ‘Massa Falida’ da Laginha; entenda