Negociação com chineses esfria, e Corinthians deve ficar sem Alex Teixeira

Alex Teixeira deve permanecer no Jiangsu Suning, que o contratou por R$ 215 milhões Fonte: AFP

A chegada do atacante Alex Teixeira ao Corinthians fica cada vez mais complicada. Após o jogador ser encarado no clube como um reforço provável, a situação mudou. O possível reforço não foi inscrito na fase de grupos da Copa Libertadores e pode até mesmo não chegar mais para a equipe, já que há alguns dias a diretoria aguarda o Jiangsu Suning, da China, enviar de volta o contrato de empréstimo assinado.

“Até o momento, o clube não enviou o contrato assinado como combinado. Agradecemos o esforço e o desejo do atleta em atuar pelo Timão, que fez todos os esforços e atendeu todas as condições para contar com o jogador”, disse o clube paulista em nota oficial na noite de domingo. Depois disso, a negociação não avançou.

O Corinthians contrataria o jogador por empréstimo de um ano e atendeu dois pedidos do time chinês para modificar o acordo. Porém, a situação não evoluiu e a concretização do negócio não se deu a tempo da inscrição na fase de grupos da Libertadores. O Corinthians estreia no torneio continental na quarta-feira, em Bogotá, contra o Millonarios, e não terá Alex Teixeira.

Alex Teixeira tem 28 anos e chegou à China em 2016, ao ser comprado por aproximadamente de R$ 215 milhões para deixar o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Minas investiga 11 casos de febre amarela em pessoas vacinadas

“Investigações estão avançadas”, diz delegado sobre caso de empresário