‘Pichadores de Elite’ são interrogados em Belo Horizonte

Dezessete dos 19 integrantes do grupo “Pichadores de Elite” foram interrogados, nesta terça-feira (27), no Fórum Lafayette, em Belo Horizonte. O bando é acusado de cometer várias pichações na capital mineira.
 
Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), os dois integrantes que não compareceram foram declarados à revelia, e serão julgados mesmo sem o depoimento. 
A partir de agora, o caso entra em fase de instrução, sendo que defesa e acusação terão prazo de cinco dias para apresentarem as considerações finais. Logo depois, o processo fica apto para ser analisado pelo juiz e ele proferir a sentença. 
 
Conforme denúncia do Ministério Público, os criminosos substituíram, em 2010, a gangue conhecida como “Piores de Belô”. Durante a investigação foi apurado que o bando se organizava através de redes sociais.
 
Os reús, entre eles uma mulher,  respondem por formação de quadrilha, corrupção de menores e dano ao patrimônio público. 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Capivara invade casa, se esconde no banheiro e é capturada

Uberlândia perde para o Democrata fora de casa e ocupa a lanterna do Campeonato Mineiro