Após visita de pastores, traficante entrega arma, munições e drogas

Uma oração para Deus (e também coragem) fez com que um grupo de pastores evangélicos convencesse um traficante a entregar arma, drogas e munições, após uma visita feita pelo grupo na casa do criminoso.

O caso ocorreu na terça-feira (27), em Patos de Minas, no Triângulo Mineiro. Um dos pastores do grupo é Renato Trovão, da Assembleia de Deus Novo Tempo. Trovão afirmou que o grupo ficou apreensivo em buscar os objetos ilícitos na casa do traficante. “Ele dá tiro mesmo. Ele tem, como diz o linguajar (criminoso), ‘sangue nos olhos’. Mas oramos a Deus primeiro e nós fomos de acordo com as instruções de Deus (buscar os objetos)”, afirmou em entrevista ao O Tempo.

O homem – que não teve nome revelado – foi solto nos últimos anos após cumprir pena por tráfico. “Ele começou a trabalhar, mas voltou a traficar de novo. E, agora, bateu a depressão e começou a ficar angustiado”, disse o pastor Trovão.

O homem, ainda segundo o pastor, tentou se suicidar. A mulher do traficante pediu ajuda aos pastores. Ela chegou desesperada na igreja dizendo que o marido estava armado e poderia tentar tirar a própria vida.

Foi então que o grupo evangélico decidiu ir até a casa do criminoso. “E ele falou das coisas ilícitas para gente. Quando chegamos ele devolveu a arma. Mandou buscar as coisas. Levou drogas, balança, arma e munição”, disse o pastor. Todo material foi encaminhado ao Ministério Público e, posteriormente, à Polícia Civil

Foi o próprio grupo de pastores que retirou o material ilícito da casa do homem. 

Trabalho
O grupo de pastores trabalha na tentativa de recuperar criminosos há oito anos, na região de Patos de Minas. Nos presídios, traficantes que querem mudar de vida indicam aos familiares os locais em que objetos ilícitos (armas, drogas e etc) estão escondidos. Os familiares, então, buscam ajuda dos pastores que recolhem os produtos e encaminham aos Ministério Público ou Polícia Civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whindersson Nunes e Luisa Sonza se casam e famosos marcam presença em festão

Disputa entre PCC e Comando Vermelho leva 14 para prisão em MG