A escola onde ocorreu incêndio na manhã de quarta-feira (28), no edifício Dantês, no centro de BH, está sem alvará de funcionamento, segundo informou a Prefeitura da capital mineira. 
 
A direção da Empresa Mineira de Segurança, que trabalha com formação e reciclagem de profissionais em vigilância, porém, já entrou com pedido para revalidar o documento, que é necessário para funcionamento de qualquer estabelecimento. 
 
Neste momento, o Corpo de Bombeiros finaliza outra vistoria para saber se interdita ou libera totalmente o local que foi danificado pelo fogo. 
 
De acordo com os Bombeiros, apenas o local de treino de tiro foi atingido pelo fogo.Ou seja, a escola não foi totalmente interditada.  
 
O prédio Dantês, no centro da capital mineira, também tem problemas com documentação. Segundo o Corpo de Bombeiros, o Auto de Vistoria emitido pela corporação, estava vencido. A última vistoria realizada no local foi em 2015, segundo informou os Bombeiros. 
 
Na momento do incêndio, 13 pessoas precisaram de atendimento médico, mas nenhuma apresentou ferimentos graves. 
 
Outro Lado
 
A Escola Mineira de Segurança afirmou que tem alvará de funcionamento até 2023, o que a Prefeitura de Belo Horizonte nega.  Em contato com a empresa, funcionários informaram que voltaram a trabalhar já nesta quarta-feira (1º).  

Continua após a publicidade

Em contato com a empresa, funcionários informaram que voltaram a trabalhar nesta quarta-feira (1º). 


Comments are closed.