Isalto Alves de Brito, de 53 anos, é acusado de estelionato por, pelo menos, 5 pessoas em Uberlândia. Ele teria oferecido para as vítimas falsas oportunidades de emprego.

Uma mulher, que pediu para não ser identificada, disse que o suspeito ofereceu para ela e outras pessoas uma oportunidade de emprego em uma empresa, e que deveriam comparecer a um hotel, nas proximidades da rodoviária da cidade, para realizar um exame, na manhã da última quarta-feira, 28.

Continua após a publicidade

No entanto, ao chegarem ao local, às vítimas perceberam que não havia exame algum no hotel e não conseguiram fazer mais contato com o suspeito. Ele teria levado cerca de 50 reais de cada pessoa.

Outra vítima do golpe ainda agradeceu que nada de pior ocorreu com ela e as demais pessoas. “Graças a Deus não aconteceu nada de pior. Ele falou que queria levar a gente pra fazer o exame em outro canto. Eles aproveitam que as pessoas estão atrás de trabalho, por que (arrumar) emprego está difícil”, disse.

As vítimas foram até 171ª Cia. de Polícia Militar (PM), que fica no interior da rodoviária de Uberlândia, e registraram Boletim de Ocorrência contra Isalto.

O suspeito já possui várias passagens anteriores pela polícia: três casos anteriores de estelionato, um roubo e um caso de ameaça. Ela está foragido e qualquer informação de seu paradeiro pode ser repassada pelos telefones 181 ou 190.

Informações: Anderson Magrão


Comments are closed.