Foto: Ascom Pref de Ituiutaba

Funcionando desde 2014, a Vara da Justiça Federal em Ituiutaba, ainda não dispõe de forma permanente, do funcionamento da Procuradoria da República para atuar nas atribuições que lhe compete. Com este objetivo, membros da 44ª Subseção da OAB neste munícipio,estiveram em Brasília, na última terça-feira, 27, para reivindicarem a instalação completa do órgão.

Durante audiência com o secretário geral da PGR, Alexandre Camanho, a comitiva tijucana, acompanhada do deputado federal, Aelton Freitas (PR) levou informações pontuais, apontando a preocupação da ordem e a necessidade do trabalho complementar da PRM em Ituiutaba.

O presidente em exercício da 44ª subseção, Leandro Gonzaga, juntamente dos advogados, Leonardo Altef e Bruno Severino, lembrou na audiência da PGR, que Ituiutaba está localizada em uma região estratégica, e tem registrado inúmeras e crescentes demandas processuais.

Continua após a publicidade

Para o secretário da PGR, Alexandre Camanho, as pontuações apresentadas para a instalação em definitivo da PGR em Ituiutaba, comprovam a necessidade real do pleito reivindicado. A 44ª subseção da OAB, deverá então elaborar relatório de forma embasada, que viabilize a solicitação, acrescentando possíveis parcerias na esfera municipal para agilizar a vinda permanente do órgão. Este relatório deverá ser apresentado durante audiência a ser agendada, com a Procuradoria Geral da República Estadual, com sede em Belo Horizonte.


Comments are closed.