A mãe de Eliza Samudio, Sônia Moura, afirmou estar “indignada com os últimos acontecimentos”, referindo-se à liberdade de Luiz Henrique Romão, o Macarrão. Condenado a 15 anos de prisão por envolvimento na morte da ex-modelo, ele foi solto na noite dessa sexta-feira (2) do Presídio Pio Canedo, em Pará de Minas, na região Centro-Oeste do Estado.

“A resposta que eu tanto almejo, até hoje, a Justiça não conseguiu me dar, que é o corpo da minha filha”, declarou Sônia em vídeo enviado à TV Morena, afiliada da Rede Globo no Mato Grosso do Sul, onde ela vive com Bruninho, filho de Eliza com o goleiro Bruno. “Em relação à prisão, à pena que eles (envolvidos no crime) tiveram, a pena maior quem recebeu e está recebendo sou eu. Minha pena é a perpétua, no sofrimento e na dor”, completou.

Macarrão ficou preso durante sete anos e foi para a unidade prisional em Pará de Minas em junho de 2016, quando passou para o regime semiaberto. Ele recebeu o alvará de soltura na semana passada.

Continua após a publicidade

Segundo a advogada de Luiz Henrique, ele passou o primeiro dia livre, nesse sábado (3), com familiares.


Comments are closed.