A TV Vitoriosa acompanha a Operação Poseidon, um desmembramento da denúncia feita pelo vereador Thiago Fernandes a respeito de um grande vazamento de água em uma estação do Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE), divulgado pela TV Vitoriosa em outubro do ano passado.

Documentos recebidos pelo jornalismo mostram gastos milionários em contratos de obras da Prefeitura Municipal na gestão do prefeito Odelmo Leão entre 2010 e 2012.

Para o Hospital Municipal, por exemplo, foram mais de R$ 12 milhões em 2010 e outros R$ 3 milhões em 2011. Para o edifício Apoema foram R$ 60 mil em 2010 e mais de R$ 1 milhão em 2011.

Continua após a publicidade

Para obras na Avenida Nicomedes Alves dos Santos foram quase R$ 1,3 milhão em 2011. Já para a Avenida Rondon Pacheco foram mais de R$ 8 milhões em 2012 e outros R$ 90 mil também em 2012.

Já os contratos referentes aos anos de 2013 a 2015, na gestão de Gilmar Machado, tem valores mais baixos. Apenas um, da estação elevatória do Bairro Morada Nova chega na casa dos milhões. O restante tem valores mais em conta.

Em 2013 o viaduto da Ceasa não chegou a R$ 200 mil. Em 2015 a estação elevatória do Dmae foi paga com uma nota de R$ 642 mil. A drenagem pluvial no Bairro Tocantins teve um contrato de R$ 599 mil em 2015 e outro de R$ 412 mil em 2016.

Já no ano passado e este ano, novamente na administração de Odelmo Leão, os contratos da Usina de Capim Branco foram de mais de R$ 4 milhões em 2017 e quase R$ 200 mil nos dois primeiros meses de 2018.

CONTRATOS DE 2010 A 2012

HOSPITAL MUNICIPAL:
R$ 12.071.140,91 (2010)
R$ 3.177.579,49 (2011)

EDIFÍCIO APOEMA
R$ 60 MIL (2010)
R$ 1.012.500,00 (2011)

INTERCESSÃO VIÁRIA NICOMEDES
R$ 1.299.803,18 (2011)

INTERCESSÃO VIÁRIA RONDON
R$ 8.502.826,21 (2012)

GALERIA DE DRENAGEM RONDON
R$ 90.555,52 (2012)

=========================
CONTRATOS 2013 A 2016

VIADUTO CEASA
R$ 190.823,20 (2013)

ESTAÇÃO ELEVATÓRIA MORADA NOVA
R$ 642.578,27 (2015)
R$ 2.706.313,20 (2016)

DRENAGEM PLUVIAL AV. JORGE ABRÃO GADIA – BAIRRO TOCANTINS
R$ 599.373,30 (2015)
R$ 412.11,87 (2016)

=========================
CONTRATOS 2017 E 2018

CAPIM BRANCO
R$ 4.131.837,94 (2017)
R$ 198 MIL (2018)

A Operação Poseidon investiga os crimes de associação criminosa, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro em contratos firmados entre o DMAE e uma empresa Araguaia Engenharia, nos anos de 2009 e 2010. O GAECO apura uma divergência em uma quantia aproximada no valor de 12 milhões de reais, que foi firmado entre as duas partes.


Comments are closed.