Os trovões e raios que acompanharam a chuva forte que atingiu Belo Horizonte, na madrugada desta segunda-feira (5), assustou os moradores da cidade. O assunto dominou as redes sociais nesta segunda. Apesar do susto, trovões e raios são típicos do verão, de acordo com o TempoClima Puc Minas e devem continuar nos próximos dias.

“É característico dessa época do ano termos uma alta incidência de descargas elétricas”, explicou Claudemir Félix. Segundo dados do Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), é nesta época que mais pessoas morrem atingidas por raios no Brasil, cerca de 45% das mortes por raio são no verão, estação que começa no dia 21 de dezembro e vai até 20 de março.

Para evitar acidentes e mortes com os raios, veja as orientações da Defesa Civi:

Continua após a publicidade

-Não permaneça em áreas abertas como campos de futebol, quadras de tênis e estacionamentos;
– Não fique no alto de morros ou no topo de prédios;
– Não se aproxime de cercas de arame, varais metálicos, linhas aéreas e trilhos;
– Nunca se abrigue debaixo de árvores isoladas;
– Evite lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios (pequenas construções não protegidas, tais como celeiros, tendas ou barracos, veículos sem capota como tratores, motocicletas ou bicicletas);
– Evite estacionar próximo a árvores ou linhas de energia elétrica;
– Evite estruturas altas tais como torres, de linhas telefônicas e de energia elétrica;
Se estiver dentro de casa:
– Não use telefone com fio;
– Não fique próximo a tomadas, canos, janelas e portas metálicas;
– Não toque em equipamentos elétricos que estejam ligados à rede elétrica
 


Comments are closed.