O Cruzeiro já garantiu a liderança isolada na primeira fase do Campeonato Mineiro, mas mesmo assim não tornará ‘menos importante’ o confronto contra a URT, nesta quarta-feira, às 21h45, no Mineirão, pela 10ª rodada da competição. A equipe celeste carrega a obrigação de fazer bonito na partida, uma vez que o estádio estará cheio. Até essa terça-feira, mais de 35 mil torcedores garantiram presença no espetáculo. Além da bola rolando, eles poderão acompanhar o lançamento do novo uniforme confeccionado pela Umbro e participarão de uma série de ações em homenagem ao Dia Internacional da Mulher (celebrado nesta quinta-feira, dia 8 de março).

Antes de o jogo começar, o público desfrutará do evento ‘Aquece Mineirão’, marcado para começar às 18h45. Quem soltará a voz no palco montado na esplanada do estádio é a cantora pop Marina Araújo. No mesmo ambiente, o cruzeirense poderá tirar foto ‘acompanhado’ dos jogadores graças ao recurso tecnológico ‘Chroma Key’ (utilizado por várias emissoras de TV nas ‘previsões do tempo’ feitas por telejornais). Ao serem fotografados, os torcedores sairão ao lado dos comandados de Mano Menezes no gramado do Mineirão. Enquanto isso, quem passar em frente à loja oficial do clube poderá adquirir a nova camisa. Os preços são de R$ 199,90 (feminina FAN), R$ 249,90 (masculina FAN), R$ 289,90 (GAME sem número) e R$ 299,90 (GAME com número). O estabelecimento começará a funcionar às 18h45.
Já dentro de campo, 11 mulheres (sócias do futebol) subirão ao gramado junto com os atletas e ganharão camisas oficiais do clube. Em seguida, Pollyana Andrade, locutora do estádio há 19 anos, lerá um manifesto sobre a luta feminina e a importância das ações de combate à violência e à discriminação – o próprio Cruzeiro colocou no ar um hotsite com informações úteis às mulheres. No intervalo, outras associadas ao programa de fidelidade farão cobranças de pênalti contra o ex-goleiro Raul Plassmann. Quem fizer gol, também receberá a camisa nova.
Em função da grande movimentação de público, o Cruzeiro poderá superar nesta quarta a marca de 200 mil torcedores na primeira fase do Campeonato Mineiro. Os cinco jogos da equipe celeste em casa contabilizaram 167.896 torcedores, sendo o maior contra o América (vitória por 1 a 0, com 50.974 espectadores) e o menor diante do Boa (vitória por 3 a 0, com 17.671 presentes). Em tese, a marca já teria sido batida, mas será preciso aguardar o jogo contra a URT para saber quantas pessoas passarão, de fato, pelas catracas do estádio.
TIME
Líder invicto do Estadual, com 25 pontos (oito vitórias e um empate), o Cruzeiro terá time misto diante da URT. Nessa terça-feira, no último treinamento da equipe, o técnico Mano Menezes promoveu as entradas de oito ‘caras novas’ em relação à formação habitual: o volante/lateral-direito Lucas Romero, os zagueiros Dedé e Digão, o lateral-esquerdo Marcelo Hermes, os volantes Lucas Silva e Bruno Silva, o meia Mancuello e o atacante Rafael Sobis. Os titulares de fato são o goleiro Fábio e os meias Arrascaeta e Thiago Neves.
TABU
O Cruzeiro jamais perdeu da URT em jogos válidos pelo Campeonato Mineiro. Foram 21 confrontos, sendo o primeiro em 1977. A Raposa ganhou 18 e empatou três. No geral, são 30 jogos entre os clubes, com 22 triunfos cruzeirenses, quatro empates e apenas duas vitórias da equipe de Patos de Minas. Enquanto a Raposa balançou as redes 62 vezes, o Trovão Azul só marcou 10 gols.
CAMPANHA
Uma eventual vitória no Mineirão deixará o Cruzeiro próximo de seu melhor aproveitamento na primeira fase do Estadual desde 2005. Para confirmá-lo, o time terá de ganhar também do Patrocinense, domingo, às 17h, no Estádio Pedro Alves do Nascimento, em Patrocínio. Nessas circunstâncias, a equipe de Mano Menezes atingirá 31 pontos e se igualará ao elenco de 2013, que conquistou 10 vitórias e um empate na etapa classificatória (31 gols marcados e nove sofridos).

ADVERSÁRIO
A URT tentará se classificar ao mata-mata do Estadual pelo terceiro ano consecutivo. Em 2016 e 2017, a equipe patense foi eliminada pelo Atlético nas semifinais. Para avançar de fase em 2018, terá de vencer ao menos um de seus dois duelos restantes – o outro jogo será contra o Boa, no estádio Zama Maciel, em Patos de Minas. O time comandado pelo técnico Rodrigo Santana está em sétimo lugar, com 12 pontos.
Superesportes

Comments are closed.