Os professores da rede estadual de Educação vão entrar em greve nesta quinta-feira (8). Segundo o  Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) uma nova assembleia será realizada às 14h no pátio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para decidir se a greve será mantida ou não.

“Nos eixos de luta estão: o pagamento do Piso Salarial conforme acordo assinado entre o Sindicato e o governo do Estado, fim do parcelamento dos salários e do 13º , pelo cumprimento dos acordos assinados e atendimento de qualidade pelo convênio do Ipsemg”, informa o Sind-Ute por nota.

A categoria vai continuar as discussões nesta quinta e pretende obter algum retorno do governo sobre as demandas. “Sem propostas e correndo o risco de desmobilizar enquanto aguardam algum retorno e depois de não ter nenhuma negociação, a discussão feita no Conselho Geral e Assembleia aprovaram a deflagração da greve a partir do dia 08 de março, com nova assembleia estadual para avaliar alguma proposta que o governo venha a apresentar”, complementou o Sind-Ute.

Continua após a publicidade

A reportagem de O TEMPO aguarda resposta da Secretaria de Estado de Educação sobre as reivindicações.


Comments are closed.