Arena MRV ainda não foi analisada na Câmara de Belo Horizonte, mas isso não deve ser problema Fonte: Divulgação

O presidente da MRV, Rafael Menin, utilizou a sua conta no Twitter para trazer novidades em relação à arena do Galo. Segundo o empresário, o processo de escolha da empresa de engenharia que tocará a obra do estádio está em fase final. O contrato com a construtora deve ser assinado ainda neste mês de março.

“Terminamos hoje (quarta-feira) mais um etapa que antecede o início das obras da Arena MRV. Realizamos um workshop com as 3 construtoras participantes do processo competitivo da construção da Arena MRV, chegando assim na reta final desta etapa. A assinatura do contrato deve ocorrer neste mês”, disse Rafael Menin.

Continua após a publicidade

A MRV é uma grande parceira do Atlético no novo estádio. A família Menin doou o terreno para a construção da casa alvinegra no bairro Califórnia, em Belo Horizonte. Engajado nesse projeto, Rafael Menin é um dos responsáveis por gerenciar o processo de escolha das empresas que participarão da construção da arena, que levará o nome da MRV.

Para que as obras comecem, é necessário que a Câmara Municipal de Belo Horizonte aprove o projeto. O clube já o enviou à prefeitura, que é administrada pelo ex-presidente do Galo, Alexandre Kalil. A proposta do estádio é bem vista entre os vereadores e, por isso, deve ser aprovada com larga margem favorável.

O projeto da Arena MRV foi aprovado pelo Conselho Deliberativo do clube no dia 18 de setembro do ano passado. Ao todo, 389 conselheiros tiveram direito a participar da votação. Foram 325 votos a favor e apenas 12 contra. A maioria esmagadora concordou com a proposta da venda de 50,1% do Diamond Mall para a Multiplan, por R$ 250 milhões, a serem investidos na construção da arena, orçada em R$ 410 milhões. O restante do valor será pago por investidores (R$ 60 milhões pelos naming rights adquiridos pela MRV e R$ 100 milhões de cadeiras cativas – 60% dessa quantia já está garantida por negociação com o BMG).

A Arena MRV, do Atlético, será o 10º maior estádio do Brasil em capacidade. O clube informou que o projeto do empreendimento foi alterado para elevar a capacidade de 41.800 para 47 mil lugares. Um levantamento feito pelo Superesportes mostra que, atualmente, apenas nove estádios do país estão à frente nesse quesito.

Superesportes


Comments are closed.