A Polícia Federal (PF) de Minas Gerais prendeu na manhã desta sexta-feira (9) um jovem de 23 anos suspeito de possuir material contendo cenas de abusos sexuais. Nas imagens há, inclusive, cenas de  abusos sexuais de crianças e adolescentes. A detenção ocorreu em Venda Nova e um disco rígido de computador foi apreendido. 

A informação é da assessoria de imprensa da Polícia Federal (PF). Segundo a corporação, a operação “Solomon – 1º Ato” foi deflagrada com intuito de reprimir o compartilhamento a posse de imagens e vídeos contendo cenas de abusos sexuais  oi de cenas de sexos explícitas de crianças e adolescentes na internet.

Conforma a assessoria, 14 policiais foram emprenhados na operação e dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos. O suspeito detido vai  responder pelos crimes de posse e compartilhamento de  arquivos de “pornografia infantil”, com penas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente, variando de 1 a 6 anos de reclusão.

Continua após a publicidade

A reportagem entrou em contato com a assessoria da PF, porém nenhum outro detalhe relacionado à operação será divulgado.

Dados

A Polícia Federal informou que em 2017 a corporação cumpriu 27 mandados judiciais de busca e apreensão relativos ao tema. Desses, oito resultaram em imediatas prisões em flagrante por posse de arquivos ilícitos. A meta de 2018 é superar os números de cumprimento de mandados judiciais de busca e apreensão e prisões do ano anterior.

Entenda o nome

O nome da operação remete ao personagem das revistas Pulp, criado em 1929 pelo escritor Robert E. Howard (1906-1936). O personagem é um aventureiro que combatia o mal em todas as suas formas. No Brasil, um filme de 2009 baseado no mesmo personagem, ganhou o nome de Solomon Kane (O Caçador de Demônios).


Comments are closed.