Uma jovem de 21 anos quebrou o tornozelo e sofreu uma fratura exposta no pé direito depois de o namorado dela, 20, bater o carro em uma placa de sinalização enquanto dirigia embriagado e sem habilitação. O acidente aconteceu na manhã desta segunda-feira (12) na avenida Miguel Perrela, no bairro Castelo, na região da Pampulha. O motorista teve apenas escoriações no rosto e na mão. Ele foi conduzido pela Polícia Militar (PM) para a delegacia do Detran.

A mãe da jovem, que pediu para não ser identificada, disse que a filha foi submetida a duas cirurgias no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. A mulher ainda estava dormindo quando recebeu a notícia do acidente por telefone.

A princípio a jovem disse para a mãe que o namorado não tinha bebido. Os dois estavam voltando de uma festa e seguiam para o bairro Ouro Preto, também na região da Pampulha, onde mora a garota. “Ela falou que ele não bebeu, mas os policiais falaram que ele bebeu sim. O médico que a atendeu depois perguntou de novo para minha filha e ela confirmou”, afirmou a mãe, que não sabe onde era realizado o evento onde o casal passou a noite.

Continua após a publicidade

Segundo a Polícia Militar (PM), o motorista fez o teste do bafômetro, que constatou o uso de álcool de 0,26 miligramas por litro de ar expelido. Além de não possuir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o rapaz apresentou aos policiais um documento vencido do carro.

O Detran informou que o motorista, ao chegar à delegacia, pediu para ser medicado e, por isso, foi conduzido a uma unidade de saúde de BH sob escolta da PM. Até o início da tarde, ele ainda não tinha retornado ao prédio da Polícia Civil.

O motorista deve responder pelo crime de embriaguez ao volante, previsto no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Além da detenção de seis meses a três anos, ele pode ser penalizado com uma multa e a proibição de se obter a permissão ou habilitação para dirigir veículo automotor. 


Comments are closed.