Em uma semana, 25 mortes são confirmadas por febre amarela em MG

O número de casos e mortes de febre amarela em Minas Gerais aumentou ainda mais em apenas uma semana. De acordo com dados divulgados nesta terça-feira (13) pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, 25 mortes foram confirmadas em sete dias, o que totaliza, agora, 133 óbitos pela doença. 

Mariana, na região Central de Minas, continua sendo a cidade com mais casos: 32. Destes, sete pessoas morreram. Juiz de Fora, na Zona da Mata, que na semana passada estava na terceira posição, passou para o segundo lugar. Agora, a cidade tem 29 casos da doença, sendo seis mortes. Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte, caiu para terceira colocação, com 28 casos. 

Nova Lima e Barão dos Cocais são as cidades mineiras com maior registro de mortes pela doença. Até o momento, oito pessoas perderam a vida em cada município.  

Gênero 

Do total de casos confirmados de febre amarela, 318 (87,1%) são do sexo masculino e 47 (12,9%) do sexo feminino, de acordo com dados da Secretaria de Estado de Saúde de Minas. 

 

 

 

Após mineroduto romper, laudo vai apontar se há contaminação em rios

Polícia encontra submetralhadora em carro furtado em Abaeté