Um dia depois de dois homens serem mortos e um ficar ferido na Vila Cemig, no Barreiro, neste domingo (11), mais um homem foi morto, nesta segunda-feira (12), no aglomerado. De acordo com a Polícia Militar, a vítima desta segunda morreu, após ser atingida por 13 tiros. Uma mulher, que seria namorada dele, também ficou ferida.

Ainda segundo a polícia, o  crime ocorreu por volta das 22h45, na rua Colibri. Uma mulher de 22 anos contou à Polícia Militar que escutou disparos de tiros e, logo em seguida, o homem com quem ela estava se relacionando há dois meses, Valnei Salvo Costa, de 36 anos, bateu à porta, desesperado, pedindo para ela abrir a porta.

A mulher contou que Costa entrou na casa correndo e gritou para ela correr. Dois homens armados entraram atrás dele, atirando. Costa foi alvejado com 13 tiros, um na mão esquerda, três no braço esquerdo, um no braço direito, três no tórax, dois nas costas, dois na perna esquerda e um na nuca.

Continua após a publicidade

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local do crime e constatou que o homem já estava morto. A mulher contou que não viu quem atirou, pois foi agarrada pelos cabelos e jogado no chão. Ela foi atingida por estilhaços de tiros na perna direita e foi socorrida no Hospital Júlia Kubitschek, também no Barreiro.

Uma denúncia anônima passada pela PM pelo telefone 190 informou que os autores do crime são conhecidos por “Para bala” e “Timão”, e que os dois estariam escondidos em uma mata próxima ao local do crime. A polícia usou até um helicóptero para tentar localizá-los, mas não conseguiu.

Próximo ao portão da casa onde aconteceu o crime os militares encontraram um aparelho de celular e, no bolso da vítima, uma aliança. O caso foi registrado na Central de Flagrantes Três, Ceflan do Barreiro, e a Polícia Civil vai instaurar inquérito para apurar o homicídio.

Tiroteio no domingo

Neste domingo (11) dois homens de 17 e 34 anos foram mortos depois de uma troca de tiros. Um cabeleireiro de 25 anos também ficou ferido e foi internado no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII nesta segunda (12).

O crime aconteceu na rua Curió, no bairro Vila Cemig, região do Barreiro. Além do cabelereiro, outras duas pessoas foram atingidas. Segundo a Polícia Militar (PM), Elias Felício Costa, de 34 anos, e Ilry Kelvim Santos de Araújo, 17, foram baleados na cabeça e morreram no local. CLIQUE AQUI e leia mais sobre o tiroteio.

 


Comments are closed.