Na última terça-feira, 13, por volta de 18h30, uma ocorrência onde uma mulher tentou tirar a própria vida foi registrada na Rua São Paulo, no Bairro Independência em Ituiutaba. Segundo informações, os militares foram acionados, e ao chegar ao local se depararam com a mulher de 28 anos, que se encontrava trancada no banheiro da residência, após ter ingerido veneno (roundup), diluído em cerca de um litro de água.

Após conversar com a vítima, os policiais conseguiram convencê-la a ser socorrida e destrancou a porta do banheiro, quando fizeram contato com o 2º Pelotão do Corpo de Bombeiros de Ituiutaba, sendo que a equipe de bombeiros se encontrava empenhada em outra ocorrência e não teria tempo hábil para conduzir a mulher ao atendimento médico.

Assim, também feito contato com o Pronto Socorro e não sendo possível o envio de uma ambulância ao local naquele momento, a equipe decidiu conduzir a vítima, que vomitava bastante, ao Pronto Socorro de Ituiutaba, sendo que precisou ser ágil no trajeto, utilizando-se de giroflex e sirene para levá-la rapidamente ao atendimento.

Continua após a publicidade

A provável causa do problema seria a inconformidade da mulher com o fim do relacionamento com seu ex-companheiro, ressaltando que havia ocorrido um desentendimento entre os dois momentos antes do ocorrido, sendo que a mesma encontrava-se na casa do mesmo.

Atenderam a ocorrência os militares, sargento Marco Antônio e sargento Neto.

Uma ocorrência semelhante foi registrada em Capinópolis em janeiro deste ano, veja abaixo.

Após cerca de uma hora, militares auxiliam jovem e evitam suicídio em Capinópolis

No caso da matéria disposta acima, felizmente o jovem de Capinópolis também foi salvo e o pior não aconteceu. Posteriormente, o mesmo realizou uma postagem em uma rede social relatando sobre o ocorrido. Confira o texto na íntegra abaixo.

“Dizem que conversa voa, e é verdade. Então resolvi vir compartilhar algo pessoal, pois não quero que distorçam os fatos…

Há alguns dias, eu me enforquei em uma corda amarrada ao telhado. Sim, uma tentativa de suicídio. Isso aconteceu porque estava em um momento de desequilíbrio emocional. Porém, dois policiais vieram à minha casa e foram muito profissionais na hora de me ajudar.

Apesar disso, eu tenho tudo, casa, comida, família…

Por que então quase cometi tamanha bobagem? Bem, nem todo problema é fisiológico. A depressão e a ansiedade ainda são um mistério, mesmo que estejam presentes entre nós diariamente.

A verdade é que ninguém quer lidar com isso, muito menos em tempo para tal. Mas, é preciso evoluir. ser mais humano, procurar compreender esses e outros problemas, que ainda são tabu em muitas famílias. O pior erro é se fazer de cego. E isso é só uma reflexão, nada individual.

Por fim, quero avisar que estou bem. Foi tudo um pouco traumatizante, mas estou usando isso para me tornar uma pessoa melhor. Todo mundo erra, alguns mais que os outros, e isso é normal até certo ponto…”

 


Comments are closed.